Amazonas Esportes

Palmeiras e São Paulo, primeiro clássico dos técnicos Marcelo e Osório

Marcelo e Osório, primeiro clássico/Foto: reprodução
Redação
Escrito por Redação

Dois técnicos recém-chegados em clubes, com um clássico pela frente. De um lado, Marcelo Oliveira, treinador que irá dirigir o Palmeira pela segunda vez. Do outro, Juan Carlos Osorio, comandante do São Paulo nos três últimos jogos do time. Hoje, eles se encontrarão pela primeira vez na carreira, no Allianz Parque.
Até os clubes paulistas, Marcelo e Osorio construíram uma trajetória de sucesso. O treinador do Palmeiras conquistou dois títulos brasileiros com o Cruzeiro. Já o técnico são-paulino ergueu três troféus do Campeonato Colombiano, com o Atlético Nacional.

Os dois têm outra semelhança na carreira. Com histórico vencedor, os treinadores conseguiram ter estabilidade à frente de Cruzeiro e Atlético Nacional, respectivamente. O time de Minas Gerais contratou Marcelo no começo da temporada 2013, enquanto a equipe de Medellín acertou com Osorio em junho de 2012.

Apesar do sucesso no comando das equipes, os treinadores registraram desempenho bem diferente nos clássicos. Nesse quesito, Osorio leva a melhor sobre Marcelo. Durante a passagem de 237 partidas pelo Atlético Nacional, o atual técnico do São Paulo alcançou nove vitórias em 18 jogos contra o Independente Medellín, com mais cinco empates e quatro derrotas. O aproveitamento é de 59,3%.

“É especial porque jogamos contra um clube grande e a rivalidade faz ser mais especial para o torcedor, para mim pessoalmente são três pontos e a grande oportunidade de jogar contra um bom clube, um grande elenco e um grande treinador”, disse Osorio nesta sexta-feira.

Marcelo, em contrapartida, conquistou apenas 31,1% dos pontos disputados contra o Atlético-MG. Em 15 partidas, o Cruzeiro venceu três vezes, com cinco empates e sete derrotas. O técnico disputou os últimos 11 clássicos sem conseguir um triunfo.

“Se pensarmos em algo grande no torneio, é uma oportunidade imensa de fazer algo que foi feito já contra SP e Corinthians. É a chance de retomar o caminho, mostrar que tem o elenco bom e que o trabalho pode dar certo”, afirmu o novo treinador do Palmeiras.

Os treinadores irão para o jogo com a pressão à porta. Na última rodada, Osorio recebeu a primeira cobrança após mudar o esquema tático do São Paulo após o time fazer 1 a 0 no Avaí no Morumbi. O time saiu do 4-1-4-1 para o 3-1-4-2. Com um zagueiro a mais, a equipe sofreu o empate nos minutos finais.

Já Marcelo estreou no comando do Palmeiras com derrota. O time alviverde, que vinha de vitória sobre o Fluminense com Alberto Valentim à frente do elenco, perdeu para o Grêmio por 1 a 0, em Porto Alegre.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.