Brasil Esportes

Palmeiras estreia na fase de grupos da Libertadores, no Uruguai

Dudu, o astro palmeirense/Foto: Divulgação
Dudu, o astro palmeirense/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Após 76 dias da conquista da Copa do Brasil e de uma vaga na Taça Libertadores da América, o Palmeiras inicia hoje, terça-feira (16), a busca pelo bicampeonato continental, em Maldonado, no Uruguai. Instável nos primeiros jogos do Campeonato Paulista, o Verdão tenta mudar o cenário diante do River Plate local, no estádio Domingo Burgueño, às 21h45 (horário de Brasília).
Após estrear no estadual vencendo o Botafogo, o time acumula dois empates (São Bento e Oeste) e uma derrota (Linense). Agora, a equipe comandada por Marcelo Oliveira se divide entre a pressão da torcida, insatisfeita com os resultados, e a ansiedade por disputar o principal objetivo do clube nesta temporada. A obsessão pelo torneio sul-americano norteou o planejamento da diretoria e foi utilizada para atrair as contratações deste ano.

Reforçado em relação ao ano passado, o Palmeiras volta a disputar a Libertadores após ficar fora das duas últimas edições. Em 2013, a equipe caiu nas oitavas de final, diante do Tijuana, do México. Agora, além do River Plate, também terá o Nacional, do Uruguai, e o Rosario Central, da Argentina, pela frente na fase de grupos.

O River uruguaio, aliás, já foi adversário alviverde neste ano. No fim de janeiro, o Palmeiras aproveitou a passagem por Montevidéu para um quadrangular amistoso e disputou jogo-treino contra a equipe uruguaia. Os dois times utilizaram reservas, e o Verdão goleou por 4 a 0. O rival palmeirense nesta terça garantiu vaga no Grupo 2 da Libertadores surpreendendo a Universidad do Chile na fase anterior.

O trio de arbitragem é chileno: Julio Bascuñan apita a partida, auxiliado pelos compatriotas Francisco Mondria e Marcelo Barraza.

Palmeiras: o técnico Marcelo Oliveira poupou os titulares contra o Linense, no último sábado, para ter o time descansado nesta terça. A deve ser a seguinte: Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho, Vitor Hugo e Zé Roberto; Jean, Arouca e Robinho; Dudu, Gabriel Jesus e Lucas Barrios.

River Plate: no último fim de semana, o técnico Juan Ramón Carrasco também não escondeu que o foco está na Libertadores. Viu sua equipe perder por 3 a 0 para o Nacional com uma formação reserva. Escalação provável: Nicola Pérez; Cristian González, Ronaldo Conceição, Dario Flores e Agustin Ale; Diego Rodríguez, Giovanni González e Ángel Rodríguez; Fernando Gorriarán, Michael Santos e Nicholas Schiappacasse.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.