Amazonas Destaques Esportes

PAN: Ainda abaixo do esperado, Brasil pode conquistar hoje 20 medalhas

Matheus Santana vai em busca de ouro/Foto: CBDA
Matheus Santana vai em busca de ouro/Foto: CBDA
Redação
Escrito por Redação

O Brasil, apesar bons resultados em algumas modalidades, ainda faz um Pan, no geral, um pouco abaixo do esperado. Mas, hoje, terça-feira, é “para embalar”. Com a entrada da natação, as finais da canoagem e da ginástica, somadas com o último dia de judô e as possibilidades reais de medalha no polo, badminton, tiro e levantamento de peso, o país deve terminar o dia com mais vinte medalhas.
Na natação, serão cinco provas. Brasil favorito absoluto com Leonardo de Deus nos 200m borboleta. Nos 100m livre, chances reais de medalhas de ouro com Matheus Santana. No total, devem vir outros quatro pódios.

Na canoagem, Isaquias terá concorrentes fortes em uma prova que não é sua especialidade, os 200 metros. Mas tem chances sim de ouro. Outras duas ou três medalhas podem vir.

No último dia de judô, a expectativa é de mais quatro pódios. David Moura e Mayra Aguiar favoritos ao ouro. Maria Suelen e Luciano Correa têm pela frente cubanos fortíssimos.

Na ginástica, favoritismo total de Arthur Zanetti nas argolas. Acho que ainda vem duas medalhas nos outros aparelhos. Seriam, assim, três pódios.

No polo aquático, o Brasil é franco favorito ao bronze no jogo contra Cuba. No levantamento de peso, Jaqueline Ferreira pode levar uma medalha, e as chances de Marco Machado são um pouco menores. No tiro esportivo, Rodrigo Bastos está em terceiro após as primeiras séries da fossa olípica.

Por fim, o badminton disputa três semifinais, favorito para avançar em uma. Caso perca os jogos, garantirá o bronze. Acho que daí, virão mais duas medalhas.

É o dia para embalar, deixar para trás Colômbia e México, e começar a brigar com Cuba. O Canadá está no ritmo de fazer 60 ouros. Aí fica difícil o Brasil chegar.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.