Amazonas Destaques Esportes

PAN: No 3º dia Brasil pode conquistar mais três medalhas de ouro

Esaquias Queiroz pode ganhar o primeiro ouro do dia/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

O terceiro dia dos Jogos Pan-Americanos já começa fervendo para o Brasil. Pela manhã, nas provas de canoagem, Isaquias Queiroz entra em ação duas vezes. Primeiro, é favorito absoluto ao título do C1 1000m, mesmo diante de Mark Oldershaw, medalhista olímpico. Um pouco mais tarde, um ouro possível, mas não provável, ao lado de Erlon nas duplas. Não duvido que ele termine com dois títulos. Acho, ainda, que o pessoal do caiaque leva pelo menos mais um bronze.
O dia do judô, em teoria, é mais fraco que os dois primeiros. O único favorito absoluto do Brasil é Victor Penalber, na categoria até 81kg. Tiago Camilo deve fazer a final com o cubano que já foi campeão mundial. No feminino, Mariana Silva e Maria Portela não tem grandes chances de ouro, mas podem medalhar.

Flavia Saraiva é uma grande candidata ao pódio no individual geral. Se melhorar um pouco o que falhou, briga até pela prata. O ouro já são outros quinhentos…No masculino, Caio é candidato, mas não favorito ao pódio.

O tiro foi muito bem no domingo, e na segunda-feira tem nova chance de medalha, com Leonardo Moreira e Bruno Heck. Os dois são bons e podem brigar. Na fossa olímpica feminina, as chances são diminutas

Saltos ornamentais terá a última chance de sair com medalha, mas é algo bem difícil no salto sincronizado. O remo não é favorito à nenhum pódio nesta segunda-feira.

O dia ainda será marcado pelas disputas do badminton. O time joga sete quartas-de-final na já melhor campanha da história dos Pans. Em três jogos, o país é favorito. Em duas ocasiões, a partida deve ser igual e, em dois casos, o Brasil é azarão total. Lembrando que, cada vaga na semifinal, é uma medalha, já que não há disputa do bronze.

Outra medalha que o Brasil deve garantir é no polo aquático, já que a seleção é favorita na semi contra a Argentina

Por enquanto, o Pan brasileiro está um pouco abaixo do esperado. Para “encaixar”, o país precisa conquistar quatro ouros nesta segunda-feira, o que é muito complicado. Ou seja, um Pan com resultados interessantes, mas ainda sem o brilho esperado.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.