Mundo

Papa inicia pelo Equador viagem histórica à América Latina

Papa Francisco inicia viagem à América Latina/Foto: AP
Papa Francisco inicia viagem à América Latina/Foto: AP
Redação
Escrito por Redação

O Papa Francisco iniciou hoje, domingo (05) uma histórica viagem à América Latina, quando visitará Equador, Bolívia e Paraguai, países “periféricos” marcados pela desigualdade, a pobreza e décadas de opressão e humilhação. É a nona viagem internacional de seu pontificado.
Francisco decolou às 09h00 (horário local, 04h00 em Brasília) do aeroporto romano de Fiumicino e, após percorrer mais de 10.000 quilômetros, aterrissará no aeroporto Mariscal Sucre da capital equatoriana, Quito, às 15h00 locais (17h00 em Brasília).

O país é atualmente palco de uma série de protestos contra o presidente Rafael Correa, por causa do aumento de impostos e da suposta autocracia do governo. Correa demonstrou preocupação e definiu as manifestações como uma tentativa de estragar a viagem do pontífice ao continente. Apesar disso, as ruas da capital estão tomadas por cartazes com homenagens ao Sumo-Pontífice.

Até quarta-feira (8) de manhã, o Papa Francisco terá compromissos no Equador. Em Quito, ele visitará o Presidente da República no Palácio Presidencial “Carondelet”, dentre outros encontros. Também conhecerá a cidade de Guaiaquil, a maior do país.

Em seguida, o pontífice viaja até a Bolívia, onde também tem um compromisso com o presidente Evo Morales. No país, rezará a Santa Missa na Praça Cristo Redentor, em Santa Cruz de la Sierra, e participará do II Encontro Mundial dos Movimentos Populares, na Expo Feria. É esperado que ele defenda os direitos dos indígenas no país.

E na sexta (10), o Papa Francisco desembarca em Assunção, no Paraguai, para um encontro com o presidente Horacio Cartes e outras autoridades, no Palácio de los López. Durante o sábado (11), passará pelo Hospital Pediátrico “Niños de Acosta Nu” e rezará a Santa Missa na praça do Santuário Mariano de Caacupé.

Para finalizar a visita à América do Sul, o pontífice se encontra com os bispos do Paraguai, no sábado, no Centro Cultural da Nunciatura Apostólica, e com jovens do país, na Avenida Costanera de Assunção. Às 19 horas, ele retorna para Roma, na Itália.

Francisco, que completou 78 anos em dezembro, tomará nada menos que sete aviões e pronunciará 22 discursos, em uma das viagens mais “intensas” que fez desde que foi eleito Papa, em março de 2013.

A visita do Papa Francisco ao seu continente natal inclui três países em que boa parte da população é católica: Equador, Bolívia e Paraguai têm mais de 80 por cento de fiéis. Apesar dos números expressivos, a Igreja está perdendo seguidores para os grupos evangélicos protestantes da região.

Em setembro, ele retorna à América, desta vez a Cuba e Estados Unidos, após sua mediação histórica para a reconciliação entre os dois países e num momento em que seu prestígio continua a aumentar entre os católicos em todas as Américas.(G1)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.