Amazonas Esportes

Paraguai repete 2011 e elimina o Brasil da Copa América

Tudo começou com esse pênalti de Thiago Silva/Foto: Reuters
Tudo começou com esse pênalti de Thiago Silva/Foto: Reuters
Redação
Escrito por Redação

Não são apenas Alemanha, França e Holanda. A lista de carrascos recentes da Seleção Brasileira de futebol ganhou mais um integrante hoje, sábado, no Estádio Ester Roa de Pablo, em Concepción, no Chile. O modesto Paraguai, que já havia eliminado o Brasil nos pênaltis das quartas de final da Copa América de 2011, provou que um raio pode, sim, cair duas vezes no mesmo lugar e, incrivelmente, repetiu a dose.

Diante de um time verde e amarelo sem o punido Neymar, venceu por 4 a 3 nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal e despachou a Seleção pentacampeã mundial na mesma fase de quartas de final da Copa América. O sonho brasileiro de erguer o título continental acabou. Confira em detalhes como foi a partida realizada no Estádio Ester Roa, em Concepción, aqui .

O resultado do jogo de hoje, além de ter impedido a revanche da Seleção Brasileira, também vai privar do planeta um confronto daqueles. Simplesmente Brasil e Argentina se enfrentariam na semifinal da Copa América se os comandados por Dunga tivessem vencido. Porém, como o futebol não se restringe a nomes de jogadores, pesos de camisas e número de títulos, será o Paraguai quem desafiará o time de Lionel Messi na próxima terça-feira, às 20h30 (de Brasília), em Concepción. O vencedor desafiará Chile ou Peru, que duelam na segunda-feira, pelo título do torneio continental.

Novamente sem poder contar com Neymar, que foi punido pela Conmebol e até já deixou o Chile para aproveitar as férias , a Seleção Brasileira entrou em campo com a mesma equipe que derrotou a Venezuela no último fim de semana . E os frutos da repetição de escalação foram colhidos apenas antes do intervalo. Apesar de não encantar, o time comandado por Dunga novamente apresentou força coletiva no primeiro tempo. Robinho e Firmino voltavam para ajudar no meio, Philippe Coutinho se enfiava entre os zagueiros paraguaios, Daniel Alves e Filipe Luís alternavam subidas ao ataque… Tudo começou de maneira bastante sincronizada.

E este entrosamento se refletiu no gol de abertura do placar, anotado por Robinho aos 14min. A bola passou por Fernandinho, Filipe Luís e Philippe Coutinho e rodou praticamente o campo inteiro até chegar a Daniel Alves, que deu linda assistência ao camisa 20. O Brasil não criou tanto daí para frente no primeiro tempo, mas pelo menos não levou sustos. O único lance que fez os torcedores prenderem a respiração foi ocasionado por falha pessoal de Jefferson, que errou tempo de bola e por pouco não foi traído pelo quique da bola em saída do gol.

Se o primeiro tempo foi muito tranquilo para a Seleção Brasileira, o mesmo não pode ser dito sobre a segunda etapa. A equipe comandada por Dunga perdeu ímpeto ofensivo e viu o Paraguai crescer no jogo. Bolas aéreas passaram a assustar Jefferson, que, em um momento, teve de fazer linda defesa após forte cabeçada de Paulo da Silva. Em outro, Thiago Silva meteu a mão na bola de maneira tola, e o Paraguai ganhou pênalti. Derlis González cobrou e empatou o jogo. O último semifinalista da Copa América teve de ser definido na marca da cal.

E, nos pênaltis, os vilões foram Everton Ribeiro e Douglas Costa. Os meias-atacantes, que entraram em campo no segundo tempo, bateram para fora as suas cobranças, e a Seleção Brasileira foi embora de volta para casa de maneira precoce. Roque Santa Cruz também errou pelo lado paraguaio, mas Martínez, Cáceres, Bobadilla e González fizeram e classificaram o Paraguai à semifinal da Copa América. De nada adiantaram os acertos de Fernandinho, Miranda e Philippe Coutinho. O Brasil está eliminado.

De novo, Thiago Silva?

Há três meses, Thiago Silva foi o herói da classificação do Paris Saint-Germain às quartas de final da Liga dos Campeões contra o Chelsea ao fazer gol na prorrogação. O que poucas pessoas se lembravam, contudo, é que naquele jogo o defensor colocou a mão na bola e cometeu pênalti infantil. Este lance voltou à tona neste sábado, já que o defensor repetiu o erro e deu um tapa na redonda dentro da área em jogada quase idêntica àquela. O pênalti para o Paraguai também foi marcado e convertido, por Derlis González.Thiago Silva virou vilão.

Brasil 1 x 0 Paraguai – 14min do primeiro tempo – Daniel Alves recebeu com liberdade pela direita e cruzou. Robinho apareceu sozinho e completou para o fundo da rede

Brasil 1 x 1 Paraguai – 27min do segundo tempo – Cruzamento da direita e Thiago Silva colocou a mão na bola em disputa pelo alto. Pênalti para o Paraguai. Derlis González cobrou forte, no canto direito, sem chance para Jefferson.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.