Amazonas Esportes

Paratleta amazonense conquista medalha de ouro na natação, no Recife

Jean Claudio, ouro em Recife, na natação/Foto: Divulgação
Jean Claudio, ouro em Recife, na natação/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

O Amazonas participou, com brilhantismo, do Circuito Norte e Nordeste Paralímpico Caixa de Atletismo, Halterofilismo e Natação, encerrado nop domingo (06), em Recife (PE), conquistando, ao todo, dez medalhas, sendo três de ouro, quatro de prata e três de bronze.
Um dos grandes destaques da competição foi Jean Cláudio Dias, bicampeão pelo Norte e Nordeste. O paratleta, portador de paralisia cerebral (classe S6), conquistou a medalha de ouro pelos 400 metros livres após completar a prova em 6’48”. Além disso, foi quarto lugar nos 100 metros e quinto lugar nos 50 metros livres.

“Essa prova foi uma superação para mim. Estou muito feliz com o resultado. Trouxe o ouro e estou automaticamnete classificado para o Nacional. Calei a boca de todos que duvidaram de mim e estou muito feliz”, disse Jean, ao explicar que pretende participar das competições locais, mas que o foco principal a partir de agora é o Campeonato Brasileiro, que acontece no mês de junho.

Outros medalhistas

Quem também garantiu que o nome do Amazonas fosse destaque no Circuito foram os ‘caçulas’ do Halterofilismo Lucas Santos e Victor Santos, de 14 e 18 anos, respectivamente. Lucas conquistou a medalha de bronze e Victor abocanhou duas pratas. Com o resultado, ambos ainda se classificaram para o Brasileiro.

Ainda pelo Halterofilismo, José Ricardo (acima de 107kg) e José Maria (até 65kg) faturaram medalha de ouro, enquanto Carlos César (até 72kg) e Eduardo Soares trouxeram medalha de bronze para casa. No lançamento de Peso e Disco, a paratleta Fernanda Barros (T11- deficiente visual) conquistou duas medalhas de prata, além de ter ficado em quarto lugar no lançamento de Dardo.

“O Circuito Norte e Nordeste é um dos mais importantes eventos paralímpicos nacionais. O evento tem o objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país. Temos muito a comemorar com os resultados conquistados pelos atletas amazonenses”, comentou o presidente da Federação de Esportes Paralímpicos do Estado do Amazonas (Fepam), Getúlio Filho.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.