Formal & Informal

PCC promete levar guerra entre facções para as ruas de Manaus

Foto: Divulgação
R. Saraiva
Escrito por R. Saraiva

Já são mais de seis horas de rebelião no Compaj, que contabiliza próximo de 50 mortos e reféns e a expectativa é de que a guerra entre as facções não deva ficar só entre os muros do presídio.

As mortes deve acontecer também nas ruas de Manaus.

Segundo informações extraoficiais de policiais que acompanham o caso, os presidiários que fazem parte da facção criminosa Família do Norte (FDN) assassinaram e esquartejaram mais de 30 integrantes da facção rival Primeiro Comando da Capital (PCC).

Foto: Divulgação

Um áudio chegado agora a pouco na redação gravado por um integrante do FDN, diz que eles mataram próximo de 100 presidiários da facção rival.

Entre os mortos do PCC está o seu líder conhecido como “Nego Sabá”. Na lista está também o ex-PM Moacir Jorge Pessoa, o “Moa” do “Caso Wallace”.
Em retaliação pela morte de seus membros, o PCC promete ir à ruas de Manaus se vingar assassinando membros da FDN, familiares, e quem se meter pela frente, incluindo policiais.

Foto: Divulgação

O sistema de Segurança está em alerta máximo para tentar evitar que a violência chegue às ruas.

Informação recebida de um membro do Ministério Público:

– 130 foragidos.

– Aproximadamente 60 mortos.

– 17 reféns – Ag.Pen e Visitantes.

– Aproximadamente 20 armas pistolas armas longas, visualizadas pelo sistema de monitoramento.

– Derrubaram o muro que dividia o FECHADO do SEMI ABERTO.

Veja o vídeo

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

1 comentário

  • Deus esteja com o povo da Amazônia!
    Nós daqui de São Paulo sabemos o que o PCC é capaz, mexeram com a maior organização criminosa da America do Sul. Certa vez sem ter 20% do que são hoje, pararam São Paulo.
    Pedimos para que Deus esteja com as pessoas inocentes.

error: Ops! não foi dessa vez.