Cidades

Pedreiro é preso em flagrante ao tentar estuprar mais uma vez uma criança

Pedreiro Raimundo Silva Nascimento./Foto: divulgação PC
Redação
Escrito por Redação

O ajudante de pedreiro Raimundo Silva Nascimento, conhecido como ‘Ramon’, de 61 anos, foi preso em flagrante suspeito de estuprar uma criança de dez anos de idade. O fato ocorreu na Rua Anambé Azul (antiga Rua Maçarico), bairro Tancredo Neves, zona Leste de Manaus.

Segundo relatos de uma vizinha à polícia, que não teve o nome revelado, Raimundo foi visto levando três crianças do sexo masculino, com idade entre seis a dez anos para dentro da quitinete dele.

Ao perceber a movimentação estranha no local, resolveu conferir o que estava se passando, pois, segundo ela, anteriormente já tinha flagrado Raimundo aliciando uma das crianças, que sempre eram as mesmas. A vizinha então passou a observar pela janela da casa do suspeito a movimentação. Ela, a vizinha viu sandálias (tipo percata) e uma chuteira, todas infantil.

Na ocasião, a vizinha flagrou Raimundo abaixando o ‘short’ da criança. Em seguida, ela chamou a polícia. Diante dos gritos de apelo da mulher, outros vizinhos vieram conter Raimundo, que passou a ser espancado por populares.

Policiais militares da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência e levaram o suspeito até a sede da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), onde foi autuado em flagrante pelos crimes de favorecimento à exploração sexual de criança e adolescente e estupro.

Na delegacia, a vítima confirmou que estava sendo estuprada pelo Raimundo desde o nove anos de idade, além de outro amiguinho de sua idade.

“O Raimundo me dava sempre a quantia R$ 5, em troca de favores sexuais. Ele prometeu que iria me dar dois pares de calçados, uma chuteiras e uma sandálias”, disse a criança durante o depoimento na delegacia.

Raimundo teve o ato interrompido após os moradores invadirem o apartamento dele.

Após os trâmites de polícia, Raimundo foi levado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde ficará à disposição da Justiça.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.