Amazonas Colunas

Pelo bem de Novo Airão, difícil achar um ficha limpa – por Garcia Neto

Garcia Neto é jornalista e professor.
Garcia Neto é jornalista e professor.
Redação
Escrito por Redação
Garcia Neto é jornalista e professor.

Garcia Neto é jornalista e professor.

Tá difícil achar um político ficha limpa, honesto, digno, um político que dê o zelo tão esperado para com a coisa pública e trate o povo com respeito. Como estamos em ano eleitoral, o momento é para a formação de alianças, coligações e outros tipos de pactos políticos feitos à revelia dos interesses da sociedade.

No decurso desse momento, segue a todo vapor a campanha pré-eleitoral, com pedidos de votos e a prática de ações de caridades, que contrariam a Lei eleitoral.

Reportando-nos aos fichas suja, no município de Novo Airão (AM), o já tradicionalíssimo e ainda inelegível Wilton Pereira dos Santos, decidiu seguir uma trajetória que deveria ter evitado, para não passar vexames futuros.

Ao afirmar que será candidato a prefeito, Wilton Santos está confundindo o eleitorado e coloca um balde de água fria nos pretensos prefeituráveis que ainda acreditam nas trapalhadas dele. Sabe-se que o ex-prefeito é carta fora do jogo eleitoral deste ano. Wilton vem fazendo de tudo para impressionar o airãoense: já idealizou um aterro sanitário, já resolveu a questão da merenda escolar e da segurança pública local, já sinalizou a rodovia Manairão, já sugeriu, segundo ele, que está resolvendo a questão dos “sem grana” com “empréstimo” de R$ 50,00 para cada um.

A última de Wilton foi a publicação de facsimile de uma Ação Cautelar Inominada, concedida no dia 04 de maio deste ano, que permitiu a ele FAZER O RECADASTRAMENTO ELEITORAL COM A REALIZAÇÃO DA BIOMETRIA junto a 34ª Zona Eleitoral de Novo Airão (grifo meu). Apenas isso, nada mais que isso.

Para que fique bem claro, a tutela antecipada do ex-prefeito possui caráter provisório e a decisão interlocutória do juiz Celso Souza de Paula significa que ele, o juiz, decidiu uma questão incidente sem dar uma solução final, portanto não pôs fim ao processo e tampouco deu ao ex-prefeito o direito de participar do pleito eleitoral como candidato.

Wilton Lira (PSDB), continua distribuindo material de campanha como se não estivesse inelegível.

Wilton Santos (PSDB), continua distribuindo material de campanha como se não estivesse inelegível.

Cabe observar, ainda, que o Título Eleitoral do Wilton é provisório. Neste sentido, tá difícil achar um político ficha limpa, honesto, digno, que trate o povo com respeito, com dignidade.

*Garcia Neto é jornalista e professor.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.