Política

Petrobras deve ter liberdade para prefixar combustíveis, diz ministro

Redação
Escrito por Redação

O ministro de Minas e Energia reafirmou, em nota divulgada na tarde deste sábado, que a Petrobras deve ter liberdade para agir conforme avalie ser mais salutar na política de preços de combustíveis, sem imposições do governo. Fernando Coelho Filho destacou ainda que a empresa deve ser desobrigada de ser a operadora única do pré-sal, podendo escolher de que leilões na área de óleo e gás deve participar.

Coelho Filho afirmou, ainda, que em sua gestão, o Ministério de Minas e Energia tem como princípios “a redução do intervencionismo estatal e a estabilidade regulatória, para criar ambiente de negócios que permita às empresas realizarem investimentos com segurança e garantia de que poderão agir dentro das lógicas empresariais”.

O comunicado da pasta destaca que “caberá aos Ministérios setoriais e econômicos apoiar no que for necessário para que as empresas como Petrobras e Eletrobras possam tomar suas decisões empresariais, pautadas pelos interesses de seus acionistas, o que se refletirá em benefícios para a sociedade”.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.