Amazonas Cidades

PF prende grileiros de terras e sequestra R$ 3,5 milhões em bens, em Iranduba

Lotes Bela Vista, em Iranduba/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

A Polícia Federal no Amazonas deflagrou, na manhã de hoje, quarta-feira (15), ação policial denominada “Operação Bela Vista”, com o objetivo de desarticular esquema de grilagem e venda de lotes no PIC (Projeto Integrado de Colonização) Bela Vista, localizado no município de Iranduba.
As terras do PIC Bela Vista, que deveriam ser usadas apenas para atividades agrícolas e pecuárias, por colonos do projeto Terra Legal, vinham sendo desmatadas e retalhadas em lotes pelos investigados.

Segundo o apurado, a quadrilha também se utilizava de violência e ameaça contra os colonos, a fim de expulsá-los.

Foram cumpridos 4 mandados de busca e apreensão em residências e escritórios utilizados pela quadrilha e um mandado de prisão preventiva contra o principal investigado, que atuava como corretor de imóveis na região.

Foi também decretada pela Justiça Federal, a pedido da Polícia Federal, o sequestro de bens dos principais envolvidos no esquema, no valor total aproximado de 3,5 milhões de reais. Este valor é a soma dos valores aferidos pela quadrilha (cerca de 3,2 milhões de reais) e os custos de reparação dos danos ambientais na área (300 mil reais) e foram estimados pela perícia da PF.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.