Amazonas Cidades

PM prende suspeitos de tráfico com 14 kg de drogas e armamento pesado, em Coari

Suspeito presos com armas e drogas apreendidas/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Na noite de ontem, terça-feira (16), foram presos, pela Polícia Militar, que realiza, desde o último sábado, a “Operação Regra do Jogo”, nas cidades de Codajás, Tefé e Coari, dois suspeitos de tráfico e homicídios, em Coari. A ação visa combater organizações criminosas envolvidas com homicídios, roubos e tráfico na região do Alto Solimões, segundo informou o comandante do 3º Batalhão de Tefé, major Allan, que comanda da operação.
Com eles, foram apreendidos 9 armas,  dentre elas: um fuzil, uma submetralhadora, e uma pistola ponto 40, além de 14 quilos de maconha, uma lancha com motor 40, que servia de apoio aos criminosos.

O major Allan informou que nos últimos dias, os policiais estão fazendo uma “varredura” no Rio Solimões na região entre as cidades de Codajás, Tefé e Coari, onde há registro do ataque dos criminosos. “Em regra, eles atacam facções rivais pra roubar drogas, armas e até praticar homicídios. Mas também roubam embarcações com cargas para se capitalizarem”, disse o major.

Ele ressaltou que a polícia encontrou os dois suspeitos em um flutuante, nas proximidades de Coari. Quando foram abordados, eles estavam com as armas e drogas. Os presos foram encaminhados para a Delegacia de Coari, onde irão responder pelos crimes de Porte ilegal de arma de uso restrito, associação para o tráfico.

A operação irá continuar nos próximos dias e conta com o efetivo de aproximadamente 30 policiais militares da Força-Tatica de Tefé. Além de um barco com capacidade para 100 pessoas, a operação conta com apoio de duas lanchas da Polícia Militar.

Reforço

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, a operação está cobrindo uma área importante no combate ao tráfico de drogas naquele trecho do Rio Solimões. “Com certeza um grande resultado com a retirada das armas das mãos desses criminosos e também na apreensão de droga. A região do Solimões é uma das rotas usada pelos criminosos e essa operação da Policia Militar reforça as estratégias de combate ao tráfico de drogas no interior do Estado”, afirmou.

O secretário ressaltou os resultados ainda da Base Anzol, em Tabatinga, onde policiais militares e civis estão dando apoio as ações da Polícia Federal. “No ano passado, tivemos um recorde histórico de apreensões, nesse ano, naturalmente, não vamos superar a marca das 10 toneladas, principalmente, por nossa estratégia com a base anzol é não deixar a droga passar, formando um verdadeiro bloqueio no rio Solimões”, destacou Sérgio Fontes.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.