Amazonas Formal & Informal

PMs ameaçam invadir prédio público para protestar contra governo

Redação
Escrito por Redação

Em áudio, lideranças do movimento grevista prometem se aquartelar em um prédio público até obterem resposta do governador José Melo. Os policiais militares vem tentando falar com o governador a meses, mas sem resposta do executivo.

A decisão da paralisação foi tomada em assembléia geral da categoria, ocorrida na Avenida Djalma Batista, hoje à tarde (14), em frente ao prédio da Reitoria da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). A paralisação vai abranger também os trabalhadores da Saúde e a Polícia Civil.

Os organizadores do movimento disseram, que ocuparão um prédio publico (não disseram qual) e que tem estrutura para aquartelar até dois mil homens, por 10 a 15 dias, e que só terminarão o movimento grevista depois que o governador sentar com eles, em uma mesa de negociação.

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.