Amazônia Maranhão

Polícia Civil completa 8 dias de greve geral no Maranhão

Redação
Escrito por Redação

No dia 03 deste mês a categoria da Polícia Civil deflagrou greve em todo o estado por tempo indeterminado. Os grevistas reivindicam uma política de remuneração para que possam ser reestruturadas as tabelas de recomposição salarial apresentadas pelo governo do Maranhão, além de melhores condições de trabalho, aumento do efetivo policial e que presos deixem de cumprir pena em delegacias.

Na capital durante os dias de paralisação, a categoria se reuniu em frente ao Plantão Central de polícia do Parque do Bom Menino, no Centro, onde estiveram com faixas e carro de som explicando a motivação do movimento grevista.

Apenas delegados e peritos não aderiram à greve. De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão (Sinpol-MA), apenas 30% do efetivo estão nas delegacias e regionais para atendimento de crimes contra vida, relacionadas à lei Maria da Penha e crimes contra idosos, conforme é previsto em lei. No Estado, a categoria é formada por 2.116 membros entre policiais civis, escrivães, motoristas, peritos, delegados, e outros.

Segundo o sindicato, hoje haverá uma assembleia para decidir se aceitam ou não a proposta apresentada pelo governo do estado na última reunião. A assembleia acontecerá às 17 horas, em frente ao antigo Plantão da Refesa na Beira mar.

(O Imparcial)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.