Amazonas Cidades

Polícia Civil do AM prende desocupado envolvido em estupro de duas mulheres

Gustavo Veloso, estuprador de duas mulheres/Foto: Augusto Sérgio
Redação
Escrito por Redação

Durante coletiva de imprensa, realizada no auditório da Delegacia Geral, a Polícia Civil do AM apresentou, na tarde de ontem (04), o desempregado Gustavo Bezerra Veloso, de 30 anos, envolvido no estupro de duas mulheres, ocorrido entre os meses de outubro e novembro, em Manaus.
Segundo a delegada adjunta do Departamento de Repressão ao crime Organizado (DRCO), Fernanda Leal Antonucci, o primeiro estupro praticado por Gustavo, ocorreu no último dia 26 de outubro, quando uma mulher de 52 anos foi abordada por ele, de posse de uma arma de fogo, entre a Rua Humberto Calderaro Filho e Belo Horizonte, bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul. “Após abordar a senhora, ele caminhou em companhia dela até uma casa abandonada, ainda no Adrianópolis, e lá consumou a estuprou, e ainda roubou o celular dela”, disse.

A outra vítima de Gustavo, foi uma jovem de 19 anos, a qual foi abordada por ele, na Travessa Carabuçu, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. Na ocasião, ele disse que estava devendo um dinheiro para a mãe dela e passou a conversar com a jovem. “Após dizer que tinha um determinado valor para entregá-la, ele saiu em sua companhia; caminharam muito e ao chegar a uma casa abandonada, ele mostrou a arma e consumou o estupro, informou a delegada.

A prisão de Gustavo foi resultado de um trabalho conjunto entre 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e a Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DCCM). “A delegacia da mulher foi a primeira a receber a denúncia, a partir daí foi feito um trabalho investigativo da especializada que identificou Gustavo como sendo o autor do crime”, disse a delegada Fernanda Leal.

Conforme a autoridade policial, a partir do trabalho investigativo da especializada, a DRCO fez uma representação pela prisão preventiva do rapaz envolvido em estupros. “Nós demos apoio à especializada para prender esse homem, divulgamos a foto dele e conseguimos o mandado de prisão no dia 18 de novembro, no mesmo dia de nossa representação”, informou a delegada Fernanda Leal.

Segundo o delegado titular do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o cumprimento do mandado de prisão foi realizado, por volta das 9h30, desta sexta-feira, dia 4, pela equipe do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Rua Coronel Ferreira de Araújo, bairro Petrópolis. “Recebemos denúncias anônimas e fomos até o Gustavo, o qual foi preso em via pública pela prática do crime de estupro e roubo”, destacou.

A titular da DCCM, Andrea Pereira, destacou que toda mulher vítima de estupro deve procurar a delegacia para relatar o ocorrido à polícia. “Essas vítimas terão a identidade preservada, estamos à disposição de todas e até pedimos para que nos procure na delegacia”, informou.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.