Amazônia Maranhão

Polícia do Maranhão e Pará prendem falsos evangélicos com maconha prensada

Redação
Escrito por Redação

Uma ação em conjunto de policiais civis do Maranhão e Pará culminou na prisão de três pessoas acusadas de tráfico de droga. As prisões aconteceram na madrugada de 13, durante uma barreira policial montada na Rodovia Transamazônica, próximo ao povoado Cajazeiras, no município de Itupiranga, no Pará, distante 220 km de Imperatriz.As pessoas presas se encontravam no Fiat Pálio, cor prata, placa OXV-1274/MA, onde foram encontrados os pacotes com maconha prensada.Além das prisões, as polícias fizeram a apreensão de 50 Kg de maconha.

 

Foram presos em flagrante delito por tráfico de drogas e associação ao tráfico Wanderson Bastos Salazar, 23 anos; Carlos Alberto Campos, 71 anos; e Marlúcia Teixeira Lima, 53 anos.

Segundo a polícia, os suspeitos se passavam por evangélicos e por pessoas caridosas. Na hora da abordagem, eles tentaram convencer os policiais de que estavam socorrendo Marlúcia Teixeira, quando na verdade ela, também, fazia parte do esquema de tráfico de drogas. Os mesmos foram conduzidos para a Delegacia de Itupiranga onde foram autuados em flagrante delito.

Segundo a polícia, o trio saiu de Santa Inês no Maranhão e foi buscar a droga no Estado do Mato Grosso. A maconha seria distribuída nas cidades de Parauapebas no Pará e Santa Inês.

Em depoimento, Marlúcia e Carlos Alberto disseram para polícia que foram aliciados por Wanderson Bastos e que os mesmos receberiam R$ 5 mil pelo transporte da droga e ainda receberiam um quilo de maconha como brinde.

Afirmaram serem evangélicos e que isso seria tentação do demônio. “Isso é que dá desobedecer a Deus”, afirmou Carlos Alberto.

Fonte: O Imparcial

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.