Amazônia Cidades

Polícia vai investigar explosão que deixou 12 pessoas feridas, em Manaus

Explosão será investigada pela PC/Foto: CB
Redação
Escrito por Redação

A Polícia Civil do Amazonas, deve abrir inquérito nesta terça-feira (8) para investigar a explosão de cilindros com gás ocorrido ontem na comunidade Novo Reino, Zona Leste,. que  deixou saldo trágico de 12 pessoas feridas,  algumas delas crianças.
As  investigações devem começar hoje com levantamento feito pela Perícia, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil no local do acidente.

Ontem, a empresa Leste Plast, dona dos cilindros  que explodiram emitiu nota explicando o ocorrido. Na nota a empresa esclarece que que, com muita antecedência, solicitou  a retirada do tanque do local. Porém, a empresa AmazonGás não seguiu os procedimentos adequados para a remoção do mesmo, o que ocasionou a queda do equipamento de cima do seu caminhão no meio da rua, isso logo após sair de nossas dependências.

Lamentavelmente, 12 pessoas, entre adultos e crianças, foram atingidas com a explosão.

A empresa informa ainda que  acompanhando a situação dos feridos junto à Secretaria de Estado de Saúde, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Corpo de Bombeiros, Polícias Militar e Civil, a quem agradecemos pelo socorro às vítimas e atuação de ofício.

Consternados com tudo isso, não mediremos esforços para contribuir com as vítimas e seus familiares.

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam), também, divulgou a relação de paciente atendidos no Pronto-Socorro Platão Araújo, vítimas da explosão ocorrida na tarde de ontem (07), na comunidade Novo Reino, bairro Tancredo Neves:

Denise Colares Machado, 16 anos – queimaduras de 1º grau – estável.
Tatiana Auziel Pereira, 21 anos – queimaduras de 1º grau – estável.
Debora Auziel, 13 anos – queimaduras de 1º grau – estável.
Luciana Auziel Pereira, 23 anos – no politrauma, entubada – estado grave.
Ildevane de Souza Colares, 36 anos – no politrauma, entubada – estado grave.
Maria de Fátima Auziel Pereira, 45 anos – queimaduras em 40% corpo.
Flávia Costa Hoyos  – na Unidade de Terapia Intensiva, em estado grave.
Laís Mirele de Morais – 2 anos – queimaduras em 80% do corpo, estado grave.
Marta Auziel Pereira – 8 anos – queimaduras de 1º grau – estável.
Lory Elaine – 3 anos – queimaduras em 40% do corpo.
Wendel Auziel Pereira, 2 anos – queimaduras de 1º grau – estável.
Darleno Duarte Pereira, 31 anos – queimaduras de 1º grau – estável.

A Susam informa que há previsão de transferência de alguns dos pacientes acima listados, para outras unidades da rede estadual, conforme a necessidade.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.