Cidades Destaques

Praia da Ponta Negra ficará interditada por um prazo inicial de 45 dias

PontaNegraAmyLemos2
Escrito por Kamyla Gomes

Por medida de segurança, a Praia da Ponta Negra, localizada na Zona Oeste, será interditada para banho a partir desta quarta-feira (28), pelo prazo inicial de 45 dias. A informação foi anunciada pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, durante coletiva.

A ação é resultado do Termo de Ajustamento de Consulta (TAC), assinado ainda em 2013, entre a Prefeitura de Manaus, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, que resultou na adoção das atuais normas de uso da praia perene e estabeleceu como cota de segurança aos banhistas a marca de 16 metros para o Rio Negro.

A interdição pode ser prorrogada até que o período de chuva comece e regularize a cota de banho, acima dos 16 metros. Nesta terça, dia 27, a cota atingida pelo Rio Negro é de 15,95 metros – conforme medição do Porto de Manaus. Na mesma data, em 2014, a cota da vazante era de 19,93 metros.

Segundo a Cláusula 1 do TAC, parágrafo 3, “a interdição automática do uso da praia ocorrerá sempre que os laudos e/ou relatórios a que se referem os parágrafos anteriores comprovarem que a praia encontra-se imprópria para o uso dos banhistas”.

O diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Roberto Moita, explicou que todo o efetivo do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal e demais órgãos que já atuam na Ponta Negra vão direcionar suas atividades para orientar e fiscalizar os banhistas.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.