Brasil

Preço do alho assusta consumidor o quilo chega a quase R$ 40 reais

O preço do alho começa a ficar mais em conta no início de setembro/Foto: divulgação
O preço do alho começa a ficar mais em conta no início de setembro/Foto: divulgação
Redação
Escrito por Redação
O preço do alho começa a ficar mais em conta no início de setembro/Foto: divulgação

O preço do alho começa a ficar mais em conta no início de setembro/Foto: divulgação

Problemas climáticos na China e Argentina afetam diretamente o preço do alho no Brasil. Os países, que são responsáveis por 65% das importações do tempero, estão com problemas no abastecimento da safra.

Segundo o G1, o quilo do alho já pode ser encontrado nos supermercados brasileiros por quase R$ 40 reais. Consumidores que consideram o tempero indispensável nos alimentos estão tendo que procurar outras opções. Os tipos do tempero, como o alho branco e o roxo, apresentaram altas expressivas.

De acordo com a Divisão Técnica das Centrais de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro (Ceasa-RJ), houve um aumento de 61% no valor médio do alho argentino e de 40,2% no chinês, nos cinco primeiros meses do ano, comparado ao mesmo período do ano passado. Nas prateleiras, o quilo do produto variava de R$ 18,80 a R$ 34,99.

Quem vai às compras sente o peso da inflação. Apenas 35% do tempero consumido no país é cultivado no Brasil. Porém, a quantidade é insuficiente para abastecer o mercado nacional. A previsão é que preços comecem a ficar mais em conta no início de setembro, período em que a safra brasileira chegará ao mercado.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.