Amazonas Política

Prédio da CMM funciona com segurança, assegura Corpo de Bombeiros

Auto de Vistoria expedido pelo Corpo de Bombeiros, à CMM/Foto: Robervaldo Rocha
Auto de Vistoria expedido pelo Corpo de Bombeiros, à CMM/Foto: Robervaldo Rocha
Redação
Escrito por Redação

A Câmara Municipal de Manaus acaba de receber o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), um dos documentos legais e principais para o funcionamento do prédio com segurança, em caso de sinistro, requisito do Sistema de Gestão Ambiental (SGA) — ISO 14001:2004, que está em fase de implantação na Casa Legislativa. O laudo da vistoria é válido por um ano.
“Trata-se de mais uma importante conquista para a Câmara, já que poucos prédios públicos têm esse aval do Corpo de Bombeiros. O próximo passo será a obtenção do Habite-se que deverá ser expedido pela Prefeitura de Manaus já nos próximos dias”, projetou o presidente da CMM, vereador Wilker Barreto.

Na vistoria realizada no início deste mês, o Corpo de Bombeiros verificou se o prédio da CMM está preparado para uma situação de emergência, se os equipamentos e pessoal estão capacitados para detectar e combater um sinistro, ou seja, se o imóvel está de acordo com o projeto de segurança aprovado pelo Corpo de Bombeiros. A vistoria foi acompanhada pela equipe da Brigada e técnicos do setor de Gestão Ambiental da CMM.

Para isso, foi verificada pelo Corpo de Bombeiros a localização da Brigada no prédio, as sinalizações fluorescentes para facilitar e orientar os transeuntes, os extintores, portas de acesso, hidrantes, lâmpadas de emergência, entre outros requisitos conforme o projeto.

Ainda durante a vistoria, a CMM apresentou os certificados dos brigadistas, relatórios dos simulados e de ocorrência de sinistro, e realizou demonstração na bomba de pressão das mangueiras e checagem das lâmpadas de emergência e sensores, além de verificar o painel de monitoramento.

Brigadistas procedem vistoria de equipamentos/Foto: Robervaldo Rocha

Brigadistas procedem vistoria de equipamentos/Foto: Robervaldo Rocha

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.