Amazonas Formal & Informal

Prefeito Arthur faz vereador se ver em apuros diante da sua comunidade

Campo comunitário da Alvorada III, Manaus.
Campo comunitário da Alvorada III, Manaus.
Redação
Escrito por Redação

A falta de compromisso do prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), com a comunidade do bairro da Alvorada III, está deixando o vereador Joãozinho Miranda (PTN) em maus lençóis e sem explicações para o atraso nas obras de reforma do Campo do Alvorada 3, prometidas há quase dois meses, pelo próprio prefeito, quando esteve no local.

A discussão vem sendo travada em um grupo de Whatsapp (Mete Bronca Comunidade), formado por lideranças e moradores do bairro. Adicionado ao grupo, o vereador Joãozinho tenta justificar a promessa do prefeito, que esteve no campo junto com o vereador, dizendo que uma construtora estaria iniciando as obras no dia seguinte.

Passados quase dois meses, e após a construtora ter colocado um container na beira do campo, o local está servindo somente de ponto de drogas e de drogados. O próprio vereador Joãozinho disse em áudio, que vem insistindo com o prefeito Arthur Neto (PSDB) há meses por execução de obras no bairro da Alvorada e em outros bairros de Manaus.

Em áudio enviado por telefone, Joãozinho se diz representante de Manaus e não só do Alvorada, que não pode se dedicar unicamente ao Alvorada, mas que tem ido à prefeitura pedir pelo bairro. Mesmo assim, o prefeito não tem atendido as suas solicitações. Para ele, no entanto, são “as forças contrárias” as culpadas da obra não acontecer. “Estão torcendo para não acontecer”, disse. Atribuindo essas forças às lideranças do bairro, que estão tentando tirar proveito político da situação. “Politicagem”, acusa.

Irritado, Joãozinho afirma que “não tem todo o tempo do mundo” para resolver só os problemas da Alvorada, que tem representante do gabinete no local e que não vai dar guarida para quem não faz oposição com responsabilidade, “não é assim que se faz política”. Disse, atribuindo as reivindicações da comunidade, como uma intriga da oposição a ele, no bairro.

Campo da Alvorada III, precisando de reforma a ser feitas pela Prefeitura.

Campo do Alvorada III, precisando de reformas a serem feitas pela Prefeitura.

Na opinião de moradores, no entanto, a inoperância do vereador na comunidade, é geral. “A obra jamais vai sair do papel, principalmente quando o prefeito perceber, que já está derrotado nas próximas eleições”. “Basta ver o abandono e descaso em todos os bairros de Manaus”, justifica Lêscko.

De acordo com um membro do grupo, se a reforma do campo não ficar pronta até o final do ano, a comunidade vai invadir, para construir casas. Mas, também, tem uma proposta sendo discutida pelos antigos e atual presidentes comunitários, que querem fazer uma ampliação da área do festival, uma vez que todos os anos vem aumentando o número de participantes e importância do evento.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.