Amazonas Política Saúde

Prefeitura de Coari investe na especialização dos profissionais da saúde

Prefeito Raimundo Magalhães, na abertura do Curso de Preceptoria/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A Prefeitura de Coari está investindo, em parceria com o Ministério da Saúde, no aprimoramento dos profissionais que atuam no ator de saúde, para dotá-los do conhecimento necessário ao pleno desenvolvimento de suas funções e efetivo suporte à futura Faculdade de Medicina que deverá ser implantada no município nos próximos anos.
Ontem, quarta—feira (04), o prefeito Raimundo Magalhães participou da abertura do Curso de Especialização em Preceptoria em Residência Médica Multiprofissional do Sistema Único de Saúde (SUS), ministrado pelo Hospital Sírio e Libanês, de São Paulo, referência na área, e deixou claro que não medirá esforços para aprimorar o conhecimento dos profissionais e reestruturar o setor no município.

“Esse eh mais um sonho realizado. A nossa meta eh levar saúde para toda a população de Coari, particularmente à parcela mais carente. O desafio eh grande, porque a situação na area da saúde eh complexa. Mas não vamos desanimar. Vamos continuar trabalhando e fazendo o necessário para melhorar os serviços e especializar os nossos profissionais”, disse ele.

Na avaliação de Magalhães, a especialização dos profissionais da area da saúde por uma instituição do porte do Hospital Sítio e Libanês dá a certeza de que a partir do próximo ano eles poderão desenvolver suas atividades na Faculdade de Medicina que vai ser implantada em Coari e capacitar gente da terra e formar os quadros necessários ao bom andamento do setor.

“Estamos confiantes. Temos a certeza de que esses profissionais vão ajudar a formar novos profissionais e dota—los dos conhecimentos necessários à prestação de ótimos serviços à nossa população”, completou.

Benefícios

De acordo com o doutor Ricardo Farias, representante do Sítio e Libanês, inicialmente o curso contemplará 20 profissionais, mas existe a possibilidade de se multiplicar esse número, posteriormente.

“O Hospital Sítio e Libanês oferecerá acompanhamento durante um ano e se os alunos cumprirem todas às etapas propostas vão ser certificados como especialistas e poderão atuar como professores, formando novos profissionais no município”, disse ele.

Segundo ele, os alunos de Coari também vão se integrar, por meio da plataforma que possibilita a aplicação do curso à distância, com os profissionais dos 45 municípios brasileiros que compõem a rede de formação do Sítio e Libanês para esse curso.

“Ao fim desse processo teremos os preceptores médicos em residência médica, que poderão ser generalistas ou especialistas. Também teremos os multiprofissionais, que serão tanto enfermeiros, fisioterapeutas e nutricionistas, que serão especialistas como docentes r poderão atuar na formação de novos profissionais na futura Faculdade de Medicina de Coari”, completou.

Qualificação contínua

Na avaliação do secretário municipal de saúde, Jani Kenta Iwata, esse processo de qualificação contínua, desenvolvido em parceria com o Ministério da Saúde, SUS, Hospital Sírio e Libanês, com recursos do PROAD, eh uma extensão do programa “Mais Médicos” e tem por objetivo preparar a rede de atenção básica de saúde, policlinica e hospital, na preceptoria, para receber os futuros alunos do curso de medicina.

“Esse curso evidência que a Prefeitura de Coari não tem medido esforços para preparar os seus  profissionais e qualificar o atendimento na area da saúde”, disse ele, destacando que o grande beneficiário dessas ações será a população do município.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.