Amazonas Cidades Saúde

Prefeitura tenta reverter descredenciamento de Hospital, em Parintins

Hospital descredenciado pelo MS/Foto: Divulgação
Hospital descredenciado pelo MS/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A informação do descredenciamento do Hospital Padre Colombo (HPC), como entidade filantrópica, pelo Ministério da Saúde, foi recebida com preocupação pela Prefeitura de Parintins, que busca junto a direção da unidade de saúde, uma forma de resolver a questão.
O comunicado feito pelo Governo Federal, à Secretaria Municipal de Saúde faz com que não aconteça o repasse de cerca de R$ 198 mil reais mensais ao hospital, criando um problema no funcionamento da instituição. Os valores são colocados a disposição do HPC via Fundo Municipal de Saúde.

Segundo o secretário de saúde de Parintins, Marcos da Luz, o prefeito Alexandre da Carbrás autorizou que todas as informações sejam repassadas ao hospital e ao Governo Federal para que o caso seja revertido o quanto antes. “Há um prejuízo imediato em várias frentes desde o atendimento a comunidade até questões tributárias. Estamos a disposição do hospital e da Diocese para que possamos continuar com os bons serviços que o hospital presta ao município”, destacou.

Marcos informou que a Secretaria de Saúde fez uma declaração comprovando a atuação do Hospital Padre Colombo na área da saúde nos últimos anos. Ele ressalta  que o prejuízo para o município de Parintins é muito grande visto que há décadas a Diocese de Parintins tem atuado em prol a saúde para a comunidade parintinense. “Nós já sabemos que o Governo tem buscado motivos para cortar recursos, como tem cortado verbas pactuadas junto ao  sistema de saúde. Sabemos que os hospitais de Parintins estão operando no seus limites. Todo recurso que deixar de entrar fará uma diferença muito grande”, explicou.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.