Amazonas Cidades

Presa quadrilha que atuava com roubo e tráfico de drogas, em Manaus

Quadrilha foi presa e apresentada à imprensa/Foto: Susana Martins
Redação
Escrito por Redação

Sete pessoas, entre elas um colombiano, foram presas, ontem (02), numa operação que investigava uma quadrilha envolvida com roubos, e atuava no tráfico de drogas em Manaus, e com elas apreendidos 11 quilos de droga.
A investigação foi realizada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), pori9ntermédio da Secretaria-Executiva-Adjunta de Operações Integradas (Seaop), Delegacia Especializada em Roubos e Defraudações (DRFD) e 13º Distrito Integrado de Polícia, da Polícia Civil, e aponta a relação dos assaltos e o tráfico de drogas em Manaus.

De acordo com secretário-executivo-adjunto da Seaop, Orlando Amaral, as prisões são resultados da investigação da quadrilha presa na semana passada, que atuava no roubo a lojas de eletroeletrônicos. “André era o elo entre as quadrilhas, que atuavam tanto com roubos e a venda de drogas. A investigação mostra mais uma vez a relação dos crimes de roubo e o tráfico de drogas em Manaus”, disse.

O titular do 13º, delegado Jander Mafra, acredita que o tráfico de drogas alimentava o esquema de roubo da quadrilha. “Nós acreditamos que o tráfico fomentava o roubo da quadrilha presa semana passada e o André  queria vender a droga para fugir para fora do Estado”, explicou.

André Ferreira Vasconcelos,de 31 anos, é considerado um dos líderes da quadrilha envolvida com os roubos. Com a prisão dele, a polícia chegou aos traficantes, liderados por Lilian Raquel Barbosa Barros, de 43, e o colombiano Wilson Castillo Barrea, de 39 anos.

Lilian e André, foram flagrados com um quilo de droga, em um carro modelo Prisma, no Nova Cidade, com os também presos: Glenda Sabrina Marques da Silva Moreira, de 22, Paulo Augusto Bezerra Figueiredo, de 33 anos.

Horas depois, os membros ligados a quadrilha também foram presos: Ítala de Azevedo Sales, de 20, e Kissinger Eduardo da Silva Lima, de 32 anos, com 10kg de droga.

De acordo com a SSP-AM, o colombiano Wilson Castillo era o fornecedor da droga movimentada pelo grupo e a Lilian a chefe da distribuição, enquanto André intermediava o contato com as bocas de fumo da cidade, com atuação também dos demais integrantes da quadrilha.

Eles responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, organização criminosa e o colombiano Castillo também por posse de apetrecho para fabricação de droga. Os homens serão encaminhados à cadeia pública Raimundo Vidal Pessoa e as mulheres ao Centro de Detenção Provisória Feminino.

A investigação sobre o bando iniciou com o roubo a um empresário no dia 10 de junho deste ano, quando os ladrões levaram cerca de R$ 50 mil em joias, dinheiro e equipamentos eletrônicos.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.