Brasil Destaques Política

Presidente Dilma anuncia corte de 10% no próprio salário

Dilma e Temer terão salários reduzidos em 10%/Foto: André Coelho
Redação
Escrito por Redação

Embora não tenha informado no comunicado público que fez sobre a reforma administrativa, na manhã de hoje, sexta-feira (02), a presidente Dilma Rousseff, também, irá cortar o seu próprio salário em 10%.
Os rendimentos mensais do vice Michel Temer, também, serão afetados no mesmo percentual. Os salários dos dois é o mesmo, de R$ 30.934,70. E com a redução, vai para R$ 27,841,23. O valor da remuneração dos ministros também é igual.

O corte de 10% no salário dos ministros foi anunciado por Dilma durante a apresentação da reforma administrativa do governo. A presidente reduziu oito ministérios, extinguiu secretarias, cortou 3 mil cargos de confiança e também anunciou redução de 20% nos gastos em custeio.

Também serão limitados os gastos dos funcionários com viagens e telefone e vendidos imóveis do governo federal porque, segundo a presidente, “a União não pode continuar sendo uma grande imobiliária”. A presidente também criou uma comissão permanente da reforma administrativa. As mudanças, disse, são para dar mais eficiência ao Estado e contribuir para que o país saia da crise o mais rapidamente possível.

Conforme O GLOBO adiantou, a presidente não cortou dez pastas, como foi inicialmente anunciado. Ela desistiu de acabar com o Desenvolvimento Social, que seria fundido ao Trabalho e Previdência. Dilma também desistiu de tirar o status de ministério da Controladoria Geral da União (CGU).(G1/O Globo)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.