Destaques Política

Presidente nacional do PHS destaca avanço da sigla no AM

PHS
Redação
Escrito por Redação

A musculatura que o PHS registrou nos últimos três anos no Amazonas foi destacada pelo presidente nacional da sigla Eduardo Machado, durante plenária estadual do partido realizada em Manaus, na tarde desta quinta-feira, 9 de junho. “O trabalho feito no Amazonas foi excelente, exemplar, gerou muitos frutos e hoje é a alegria da direção do Partido”, disse Eduardo ao referir-se aos resultados obtidos pelo diretório estadual desde março de 2013, quando o vereador Wilker Barreto assumiu o comando da sigla no Estado.

A plenária reuniu 64 candidatos a vereador em Manaus e candidatos às Câmaras e prefeituras do interior. Wilker Barreto presidiu a plenária que contou ainda com a presença do secretário nacional do partido, Luiz França. O prefeito Arthur não compareceu ao evento porque encontra-se em Brasília.

“Estamos mostrando ao diretório nacional como o partido cresceu no Amazonas nos últimos anos, de um para cinco vereadores só na capital e um prefeito no interior”, destacou Wilker. A intenção da plenária foi, ainda, segundo Wilker, reunir os filiados dos municípios para se conhecerem e trocarem experiências. “Duas palavras norteiam nosso partido: lealdade e respeito aos diretórios”, disse.

Ao cumprimentar os dirigentes e candidatos, o secretário nacional da sigla, Luiz França, afirmou que o PHS de Manaus ficará com o prefeito Artur Virgílio Neto (PSDB) nas eleições de outubro porque o PHS de Manaus assim quer. “A vontade vem da base e a gente respeita isso. Os projetos precisam ser casados essa é a condição. O trabalho que está sendo feito no Amazonas é inteligente, simples, transparente, próspero e fácil de se entender. É preciso simplificar a política. É isso que o povo espera”, destacou.

O vereador Professor Samuel, também presente à plenária, disse que o partido tem crescido em todo o Estado especialmente pelo apoio que o diretório dá a todos sem distinção. Para a vereadora Professora Jacqueline é necessário fazer o empoderamento de mais mulheres ao partido, que já tem na Câmara manauara duas representantes, somando à vereadora Vilma Queiroz.

Além de Wilker, estão filiados ao PHS em Manaus os vereadores Mário Frota, Professor Samuel, Professora Jacqueline e Vilma Queiroz.

A vereadora Rosineide Aguiar, de Boa Vista do Ramos, recentemente filiada ao partido, buscará sua terceira eleição como representante do município. “Encontrei no PHS acolhimento para tentar continuar meu trabalho, especialmente em prol da melhoria no tratamento de saúde dos moradores da área rural”, afirmou. “Não só precisamos lutar para a melhoria do tratamento local quanto do transporte para o tratamento de alta complexidade na capital”.

O candidato à reeleição em Silves, Franrossi Lira, o Bojó, disse que, apesar da crise, não há atrasos nos pagamentos a funcionários nem aos fornecedores. “Temos apoio do partido à reeleição e trabalhamos no estilo de buscar o diferenciado especialmente para quem mais precisa, a maioria da população, que é a do meio rural”, explicou. Silves tem 9 mil habitantes, sendo 4 mil moradores da sede. A meta no segundo mandato, segundo Bojó, é focar no saneamento básico do município.

FILIADOS

O PHS reúne 4 mil filiados no Amazonas e até 31 de julho a meta do Diretório Estadual é de dobrar o volume de filiados. Além de ganhar ampla projeção em Manaus, no interior do Amazonas, o partido também cresceu e em três anos saltou de 13 diretórios municipais para 45.

A sigla que antes tinha apenas um vereador viu seu quadro ampliar para 15 parlamentares, dos quais cinco estão à frente do comando de Câmara Municipais das cidades de Parintins, Atalaia do Norte, Borba, Maraã e Manaus. Para as eleições deste ano, a meta do partido é de fazer 25 vereadores no interior e assegurar de quatro a cinco vagas na CMM.

Reuniram 64 candidatos a vereador em Manaus e candidatos do interior.

Reuniram 64 candidatos a vereador em Manaus e candidatos do interior.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.