Brasil

Prima de Scheila Carvalho pode ter sido alvo de tráfico de mulheres

Redação
Escrito por Redação

Nesta quinta-feira (19), Caroline Magacho de Carvalho, de 18 anos, prima da ex-dançarina do grupo “É o Tchan”, Scheila Carvalho, que estava desaparecida, foi resgatada em uma ação conjunta entre a Polícia Civil de Minas Gerais e do Rio de Janeiro.

Segundo o site ‘G1’, a polícia divulgou o desfecho do caso nesta sexta-feira (20), em Juiz de Fora, onde a vítima mora. Ela foi encontrada em um apartamento no Bairro Recreio dos Bandeirantes, na capital fluminense, sozinha.

Nas redes sociais, Scheila Carvalho comemorou o desfecho do desaparecimento e agradeceu o apoio dos fãs e dos policiais. “Estou aqui para agradecer primeiramente a Deus e, claro, a vocês que ficaram na torcida, oraram, se preocuparam. A minha prima foi encontrada e ela está muito bem”, disse.

Segundo a publicação, o delegado do caso, Felipe Fonseca revelou que suspeita que o caso tenha ligação com o tráfico internacional de mulheres. “Ainda vamos realizar um contato mais específico com a jovem. Precisamos resgatar dela alguns traços que vão nos levar a linhas de investigações, mas pela forma que eles agiram, temos certeza que o ato foi altamente criminoso. Estamos verificando se há possibilidade de tráfico de mulheres, inclusive internacional”, concluiu.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.