Cultura

Primeiro filme de época com produção amazonense estreia em Manaus

filme-de-epoca-Manaus
Redação
Escrito por Redação

Corrupção na Manaus do final do século XIX é o tema do primeiro curta-metragem de época amazonense. Realizado com o apoio cultural do Governo do Amazonas, o curta-metragem “O Gato” estreia nesta quinta-feira (28), no Teatro da Instalação, a partir das 19h.

Dirigido e roteirizado por Lucas Simões, a ideia do filme como um drama surgiu pela sua própria paixão por filmes de época. “O século XIX é muito rico, em que a humanidade progrediu em todos os âmbitos, sejam sociais, políticos ou culturais”, afirma o diretor.

Gravado em locais históricos da capital amazonense, como o Centro Cultural Palácio da Justiça e o Museu Casa Eduardo Ribeiro, o filme conta a história do comerciante Constantino Gatos, um revendedor ilegal de diamantes para o exterior, que começa a entrar na mira de um conceituado investigador de polícia da cidade.

Com apenas 18 anos de idade e ainda estudante do Ensino Médio na Escola Estadual Marcantônio Vilaça, Simões contou com o apoio de diversos profissionais experientes na área, como o diretor de fotografia Bruno Pereira.

“Concebi o projeto do filme junto com meus amigos, mas conseguimos inspirar várias pessoas a participarem do projeto. Tivemos seis meses de preparação do elenco, dois meses de filmagem e quatro meses de edição. Foi um trabalho árduo, mas valeu a pena”, ressalta.

Para o jovem diretor, que já foi premiado na categoria “Melhor Filme” na edição de 2014 do Festival Um Amazonas com o curta Luiza, a ideia é entregar uma proposta audiovisual diferenciada e que marque o telespectador. “Como filme, a gente quer passar um pouco do que acontece e que sempre aconteceu, como romances, conspirações e corrupção na sociedade”, conclui.

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.