Amazonas Cidades

Processo administrativo vai esclarecer a fuga de 39 presos do CDPM

Sexto túnel descoberto pela SEAP neste ano/Foto: Assessoria
Redação
Escrito por Redação

Na madrugada de hoje, segunda-feira (02), por volta das 04h00, o Centro de Detenção Provisório Manaus (CDPM), no km 8 da rodovia BR-174, que liga Manaus (AM) a Boa Vista (RR), registrou a fuga de 39 internos, os quais conseguiram obter fuga por um túnel cavado na cela 5 do pavilhão 5 da unidade.
De acordo com o titular da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Pedro Florencio, será aberto um processo administrativo para apurar se houve facilitação dos agentes penitenciários. “Acreditamos que a estrutura tenha sido feita recentemente, pois o barro retirado ainda estava molhado. O túnel tem 11 metros, e o pavilhão 5 é o que fica mais próximo da muralha, cerca de 9 metros, o que facilitou a fuga dos internos”.

Ele ressalta que esse é o sexto túnel encontrado em unidades neste ano, sendo os 5 primeiros descobertos antes de serem utilizados por qualquer preso do sistema prisional. No CDPM este é o primeiro túnel registrado. “Vale ressaltar que trabalhamos e conseguimos evitar outras fugas anteriormente. Já estamos repassando as informações de todos os fugitivos para o Sistema de Segurança Pública”.

Pedro Florencio acompanhou a contagem dos internos do pavilhão 5 junto com o secretário executivo adjunto, major Klinger Paiva e com o coordenador do sistema penitenciário, major Lima Júnior desde às 6h30 no CDPM. Equipes da Seap com o apoio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) fizeram ronda na unidade e nas redondezas em busca dos foragidos.

Entre os foragidos o secretário destaca como de maior periculosidade: Afonso Celso Caldas Júnior, Antônio Silva de Oliveira (vulgo “Pitbull), Bruno Lima de Oliveira, Francisco Rodrigues dos Santos (preso da Polícia Federal), Josimar Leite da Conceição, Magaile Ferreira Pereira, Nelson Gaviria Florez (vulgo “El Diablo”) e Patrick Pina Teixeira (vulgo “Pivete”).

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.