Amazonas Educação

Programa de Apoio a Excelência Acadêmica aprova seis propostas do AM

Fapeam divulga aprovados no Pró-excelência/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
Fapeam divulga aprovados no Pró-excelência/Foto: Divulgação

                   Fapeam divulga aprovados no Pró-Excelência/Foto: Divulgação

Divulgados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), os resultados das propostas submetidas ao Programa de Apoio a Excelência Acadêmica (Pro-Excelência), referente ao edital 011/2015, onde seis propostas de alunos que tiveram artigos científicos publicados durante a formação acadêmica, foram aprovadas.
O programa estimula o aumento qualitativo e quantitativo da produção acadêmica, por meio de um auxilio adicional aos estudantes com artigo aceito em revistas Qualis A1, A2 ou B1, matriculados em cursos de pós-graduação de Instituições de Pesquisa ou Ensino Superior  (Ipes) sediadas no Estado, ou que sejam bolsistas do Programa de Bolsas de Pós-Graduação em Instituições fora do Estado do Amazonas (PROPG-AM) e Programa de Bolsas de Pós-Graduação voltado ao Interior do Estado do Amazonas (Proint-AM).

O Adicional de Excelência Acadêmica equivale a uma mensalidade de bolsa na modalidade mestrado ou doutorado, de acordo com o caso, para cada artigo aceito, conforme previsto no edital. O benefício será pago em breve, após a aprovação, mediante entrega da documentação necessária para a sua implementação.

Um dos trabalhos aprovados foi o intitulado “Malária por Plasmodium Vivax na Gravidez na Amazônia Brasileira e Fatores de Riscos Associados à Prematuridade e Baixo Peso ao Nascer: um estudo descritivo”, da doutoranda em Medicina Tropical, Camila Bôtto, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). O estudo foi publicado na Revista PLOS One, de classificação A2 na área de valiação Medicina 2.

O projeto aprovado mostra resultados sobre desfechos adversos na gravidez na maior parte de mulheres grávidas com malária clínica na região das Américas.

Os resultados do estudo servem como paradigma para ilustrar o padrão na dinâmica de transmissão da malária ao longo dos últimos anos na região amazônica, onde Plasmodium Vivax se tornou a espécie predominante, e mostram que a malária por P. vivax pode ser responsável por consequências negativas durante a gravidez na região.

De acordo com a pesquisadora, o projeto que deu origem aos resultados à publicação do artigo científico foi financiado pela Fapeam, através do Programa de Desenvolvimento Científico Regional (DCR), em 2005, da doutora em Medicina Tropical Flor Ernestina Martínez Espinosa, que atualmente é orientadora de Camila Bôtto.

Além de Camila Bôtto, os demais contemplados no edital foram: Josenir Teixeira Câmara, com o artigo “Neoplasta Coquillett (Diptera: Empididae: Hemerodromiinae) from Brazil: new species and male description of N. fortiseta Smith”, publicado na revista Zootaxa; Mariane Bosholn, com o artigo científico “Effects of avian malaria on male behaviour and female visitation in lekking Blue-crowned Manakins’, publicado no Journal of Avian Biology; e o estudante Nikolas Gioia, que teve três artigos aceitos em três revistas científicas intituladas: “Uma nova espécie de Troglobius Palacios-Vargas & Wilson (Collembola, Paronellidae, Cyphoderinae) do Brasil e notas sobre a quetotaxia dorsal do gênero”, publicado na Florida Entomologist. Outro artigo foi “Heteromurini Absolon & Ksenemann (Collembola, Entomobryidae): uma revisão do status genérico e diagnoses, chaves para as espécies de Alloscopus Börner e Heteromurtrella Mari-Mutt e descrição de uma nova espécie” e “Um novo gênero de Entomobryinae (Collembola, Entomobryidae) da Amazônia Brasileira”, os dois publicados na revista científica Zootaxa.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.