Amazonas Política

Programa ‘Saber Mais’ oferece conteúdos educacionais para estudantes e professores

José Melo fala sobre o " Saber Mais"/Foto: Herick Pereira
José Melo fala sobre o " Saber Mais"/Foto: Herick Pereira
Redação
Escrito por Redação

Lançado hoje (27), pelo governador José Melo, o programa “Saber Mais”, que disponibiliza aos estudantes e professores da rede estadual de ensino do Amazonas, conteúdos educacionais através de um aplicativo e uma nova plataforma, que podem ser acessados, gratuitamente, em computadores e aparelhos smartphones, ampliando o acesso ao conhecimento e melhora o aprendizado a partir da adoção de ferramentas tecnológicas, afirmou o governador.
“Estamos caminhando nessa direção. Fornecemos tablets e aplicativos para que os alunos possam acessar o conhecimento que tem produzido e com esse acesso melhorar a performance educacional. Vamos continuar avançando nesse sentido”, frisou José Melo durante o lançamento do programa na sede do Governo do Amazonas, na zona oeste de Manaus. A cerimônia teve a presença do vice-governador, Henrique Oliveira, do secretário de Educação, Rossiele Soares, deputados estaduais, secretários de governo, professores e alunos.

Com o “Saber Mais”, o Governo reúne em um só aplicativo todos os softwares educacionais e aulas produzidas pelo Centro de Mídias da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).  Os conteúdos educativos estarão disponíveis por meio do portal do www.centrodemidias.am.gov.br, no aplicativo “Cemeam”. Como parte do programa está prevista, ainda, a criação de um pacote de novos aplicativos e plataformas educacionais. A primeira plataforma é a “Problemoteca”, também lançada durante a solenidade e que vai auxiliar alunos dos ensinos fundamental e médio na resolução de problemas matemáticos.

Elaborado pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), o programa “Saber Mais” otimiza o uso das ferramentas tecnológicas já disponibilizadas na rede pública pelo Governo do Amazonas, como tablets e notebooks e o acesso gratuito à internet.

Das 583 escolas estaduais em todo o Amazonas, 449 já contam com laboratórios de informática e 227 com acesso à rede Wi-fi. O Governo também investiu em serviço móvel de conectividade 3G e rede Wi-fi, disponibilizando para seus professores 13.007 unidades de minimodem com chip e chip 3G.

O Governo do Amazonas, através da Seduc, também já disponibilizou 42 mil notebooks e 45 mil tablets a professores e 55 mil tablets aos estudantes do 3º ano do ensino médio. A rede estadual conta ainda com 500 lousas digitais, que contêm ferramentas pedagógicas para aulas mais atrativas. Além disso, a Secretaria também já adquiriu 518.100 licenças de softwares educacionais.

Inovações tecnológicas – José Melo destacou outras iniciativas em curso na rede pública voltadas às inovações tecnológicas. Atualmente, em uma parceria pioneira, o Governo do Amazonas mantém um programa com a multinacional Google e também com empresas do Polo Industrial de Manaus para avançar na qualidade de ensino por meio da internet e de tecnologias digitais. Ainda nessa área, o Governo está criando escritórios de serviços digitais nos municípios de Itacoatiara e Manacapuru (a 270 e 86 quilômetros de Manaus, respectivamente), preparando alunos da rede estadual para desenvolver aplicativos e ferramentas virtuais com foco no mercado de trabalho.

O governador adiantou que a Seduc está finalizando o projeto que vai entregar tablets para professores da rede municipal de ensino de todo o Estado. Professores da rede estadual já foram beneficiados com o equipamento.

“Com foco na inovação e na acessibilidade rápida e gratuita, o Governo do Estado está disponibilizando este pacote de serviços tecnológicos gratuitos que serão de grande relevância para estudantes de todos os níveis de ensino, especialmente para aqueles que estão se preparando para as avaliações de acesso ao ensino superior, tais como o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem”, destacou o secretário da Seduc, Rossieli Soares da Silva.

Conteúdos – Ao acessar o aplicativo “Cemeam” em smartphones, os estudantes, professores e comunidade em geral poderão assistir vídeos educacionais, elaborados por professores da rede estadual e focados nos conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática. Poderão ter acesso, também, a questões de provas de vestibulares e conteúdos similares com comentários explicativos de professores especializados, além de uma diversidade de vídeos educacionais com duração de 90 segundos.

O aplicativo Cemeam estará disponível para ser “baixado” (sistema download) em smartphones nos formatos Android e IOS. Todo conteúdo poderá ser “baixado” e consultado de forma online ou offline, conforme a necessidade de quem o acessa.

Problemoteca – Também desenvolvida pela Seduc como parte do programa Saber Mais, o governador lançou a plataforma virtual “Problemoteca”, para auxiliar alunos dos ensinos fundamental e médio na resolução de problemas matemáticos. Com a plataforma, que aborda diferentes metodologias de ensino de forma lúdica e atrativa, a Seduc vai auxiliar a prática pedagógica dos professores em sala de aula. A plataforma poderá ser acessada pelo site www.problemoteca.wix.com/problemoteca.

“Nesse site de desafios matemáticos, o professor terá acesso a conteúdos direcionados à leitura, interpretação e resolução de problemas, trabalhando uma metodologia diferenciada e lúdica, que incremente a atuação do educador em sala de aula e facilite o aprendizado dos estudantes”, explicou Rossieli Silva.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.