Amazonas Cultura

Programa Sinapse da Inovação lançado no AM selecionará 40 projetos

Renee Levy,
Redação
Escrito por Redação
Renee Levy,

René Levy, diretor-presidente Fapeam/Foto:W. Redman

Cerimônia lançamento do Sinapse/Foto: W. Redman

Cerimônia lançamento do Sinapse/Foto: W. Redman

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), realizou ontem (29), o lançamento da primeira edição do programa Sinapse da Inovação, em solenidade que ocorreu no Auditório Vânia Pimentel da Universidade Nilton Lins, Parque das Laranjeiras, na zona centro sul.
O programa foi idealizado pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi) e tem o objetivo de promover o empreendedorismo além de oferecer recursos financeiros, capacitações e suporte para transformar ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso. O edital prevê a seleção de 40 projetos que receberão R$ 50 mil em subvenção econômica da Fapeam.

O programa Sinapse já funciona no estado de Santa Catarina chega ao Amazonas através da parceria Certi e Fapeam. De acordo com o diretor-presidente da Fapeam, René Levy Aguiar, o novo edital representa um passo importante para a formação de uma cultura de inovação. “O Governo do Amazonas tenta atingir a população levando a ela melhoria na qualidade de vida e geração de emprego e renda. A Fapeam pretende, com isso, dar um impulso a mais para a inovação no nosso estado”, destacou.

Seleção – Os interessados devem inscrever os projetos até 11 de junho pelo site www.am.sinapsedainovacao.com.br. Pelo edital, os selecionados receberão capacitações durante seis meses para desenvolver a empresa ou produto inovador.

Para Gerson Valença Pinto, vice-presidente de inovação da Natura e presidente da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), a iniciativa gera um mercado promissor no Estado. “Desde o ano passado, decidimos investir em programas de inovação para empresas e pessoas empreendedoras. Esse edital consolida uma política de inovação e com isso ganha o Estado do Amazonas”, ressalta.

Fases – Os participantes precisam passar por três fases durante as quais recebem capacitação e devem apresentar, além da proposta de ideia inovadora, um projeto de empreendimento e um projeto de fomento. Todo o processo será conduzido por uma equipe técnica da Fundação Certi, em sintonia com os avaliadores e parceiros oficiais do programa, cerca de vinte instituições que promovem o empreendedorismo e a inovação na região.

Segundo o coordenador Institucional do Sinapse, Antônio Rogério Souza, o programa colabora para a geração de emprego e renda. “Esse programa que está implementado pela Fapeam, tem o objetivo de fomentar as ideias inovadoras que podem virar negócios. Ele foca nas universidades, mas também é aberto para toda a comunidade. Para se ter uma ideia esse programa em Santa Catarina gera o dobro do que o governo investigou criando 1,2 mil empregos diretor. Então é um programa vencedor”, ressalta.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário