Amazonas Cultura

Projeto de Extensão da UEA inicia gravação de Curta-Metragem

Projeto capacita novos talentos/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

O Projeto de Extensão “Vivência de Cinema”, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), realizado em parceria com Praia de Água Doce Filmes, iniciará, a partir de segunda-feira (27), a gravação do curta “Mundo de Papel”, em várias instalações do conjunto Nova Cidade, na zona norte de Manaus, como, por exemplo, a Escola Estadual Ruy Alencar, o supermercado Nova Cidade, além das ruas do bairro, com a participação de alunos do curso de Produção Audiovisual da UEA, com a expectativa de que o filme seja lançado até o final do mês de julho.
A gravação do curta-metragem faz parte da fase final da capacitação “Novos Talentos”, realizada com alunos do ensino médio, onde os estudantes têm aulas de noções básicas de produção audiovisual. O projeto é realizado com o apoio da Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação (MEC). Desde o final do mês de março, em torno de 20 alunos participaram da capacitação onde foram desenvolvidas técnicas de planejamento, roteiro, produção e arte, som direto, fotografia e interpretação.

Durante a capacitação os alunos tiveram a oportunidade de entender como funciona o roteiro, o som, a fotografia e os demais elementos que envolvem a produção audiovisual; também tiveram vivências na Universidade, podendo conhecer a Escola de Artes e Turismo.

Para Dheik Praia, instrutora de Planejamento, é fundamental que a universidade crie pontes com a escola pública, para que os alunos possam estar em contato com as possibilidades do ensino superior e suas formas de atuação. “Os participantes da vivência são do ensino médio, o que caracteriza uma fase decisiva na formação, onde terão que decidir o que pretendem fazer após o terceiro ano; alguns se inserem no mercado de trabalho rapidamente, outros ficam em dúvida acerca das oportunidades. A vivência desperta a curiosidade sobre novos horizontes”, destaca Praia.

De acordo com o estudante do ensino médio, Ícaro Ribeiro, foi importante ter um primeiro contato com o audiovisual, pois ao longo das trocas, ele se percebeu mais aberto à comunicação, visto que sua timidez em alguns momentos limitavam seu processo de aprendizado. Participaram como agitadores do processo: Danna Dantas (Som Direto), Juliana Rosa Pesqueira (Fotografia), Anália Nogueira (Produção e Arte), Ruan Otávio (Interpretação) e Robert Coelho (Still).

Sinopse – O curta contará a história de uma adolescente que perde sua irmã mais velha, vítima de uma bala perdida, durante um assalto. Após a morte da irmã, a adolescente encontra poesias escritas pela irmã. Após ler as poesias, a adolescente encontra conforto ao conhecer um lado que não conhecia da irmã. Mais informações podem ser obtidas pela página do projeto no facebook: Vivência de Cinema – Programa Novos Talentos.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.