Amazonas Política

Proposta prevê desconto no IPVA para veículos a Gás Natural

Veículos a Gás podem ter desconto no IPVA/Foto: Divulgação
Veículos a Gás podem ter desconto no IPVA/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

O presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Everaldo Farias (PV), apresentou uma indicação ao Governo do Estado, que prevê desconto no Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), para veículos movidos a Gás Natural Veicular (GNV), na capital amazonense, o que deverá ser providenciado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (DETRAN-AM).
A proposta após análise e aprovação da Mesa Diretora do Poder Legislativo, deverá ser enviada para o governador José Melo, para que solicite do presidente do Detran o desconto proposto pela indicação.

“Mesmo com o alto investimento para a conversão do carro que custa, em média 5 mil, o preço do GNV está bem mais em conta em relação aos outros combustíveis. O Amazonas é o segundo maior estado do país e produção de gás natural. Os veículos movidos a gás conservam o motor, o que significa menos problemas mecânicos e contribuem para a diminuição da poluição do meio ambiente”, defendeu o vereador.

Dados

No Amazonas a produção média de gás natural é de 13.441 milhões de m³/dia, mesmo assim a ideia não chegou com a mesma força aos proprietários de veículos. Até fevereiro deste ano, segundo o Detran, 1.649 veículos estavam sendo abastecidos com o gás natural, bem menos de 1% da frota do Estado, que passa de 600 mil veículos.

Nas cinco oficinas credenciadas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a conversão custa, em média, R$ 4.500. Para ter ainda mais facilidades de pagamento o motorista tem opções de linha de crédito junto à Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) ou pleo Banco Bradesco.

Considerando a média de consumo (13 quilômetros por metro cúbico de gás natural, dez quilômetros por litro de gasolina e sete quilômetros por litro de etanol), para percorrer cem quilômetros o motorista desembolsa R$ 21,92 ao usar GNV (economia de 37,5% em relação ao gasto de R$ 34,50 com gasolina e de 52% em comparação aos R$ 45,71 que pagaria pelo álcool).

“Diante de todos esses benefícios, tanto para o cidadão, quanto para a nossa cidade, é justo que se providencie um desconto aos proprietários que utilizam o GNV, que contribuem com a redução de índices de poluentes e ajudam a preservação do meio ambiente”, concluiu Everaldo.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.