Amazonas Política Saúde

Protocolo do MS sobre uso da ‘pílula do dia seguinte’ contra Aids, destacado na CMM

Vereador Dr. Ewerton/Foto: Tiago Correa
Vereador Dr. Ewerton/Foto: Tiago Correa
Redação
Escrito por Redação

O presidente da Comissão de Saúde de Câmara Municipal de Manaus, vereador Dr. Ewerton (PSDB), na sessão de hoje, segunda-feira (27), para destacar o novo protocolo para uso da “pílula do dia seguinte” contra Aids, aprovado e publicado na semana passada no Diário Oficial da União. “O protocolo atualiza e uniformiza o acesso de medicamentos contra o HIV para os diferentes grupos aos quais a terapia é recomendada. A ideia é evitar o avanço da Aids no país”, ressaltou o parlamentar. Ele frisou que o novo protocolo abranger três categorias: de trabalhadores de saúde que tiveram contato com o vírus por acidente de trabalho, vítimas de violência sexual e pessoas que tiveram relação sem proteção.

O documento do Ministério da Saúde, conforme explicou o vereador, também prevê redução do tempo de acompanhamento do tratamento de seis para três meses, assim como recomenda os medicamentos utilizados para o tratamento sejam ministrados até 72 horas após a exposição ao vírus.

No total, são 28 dias consecutivos de uso dos quatro medicamentos antirretrovirais previstos no novo protocolo (tenofovir + lamivudina + atazanavir + ritonavir).

Dr. Ewerton disse ainda que os medicamentos estão disponíveis em serviços especializados no tratamento contra a Aids, assim como em alguns postos de saúde. Ele lembrou também que as 60 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da rede municipal contam com a oferta do ‘teste rápido’ para detecção de HIV, sífilis e hepatite (B e C).

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.