Acre Amazônia

PT no Acre pede mobilização da militância em favor de Dilma para a “batalha”

partido-trabalhista
Redação
Escrito por Redação

O Partido dos Trabalhadores no Acre emitiu nota pública contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ao repetir, como vem fazendo, que o impeachment é um “golpe”, o diretório local o diz que o Brasil, especialmente as regiões norte e nordeste assistem o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), atuar com “falta de escrúpulos em utilizar o cargo que ocupa para negociar benefícios pessoais, e, após ver fracassada a chantagem que empreendeu contra a Presidente da República e o PT, decidiu pela abertura do processo político, golpista de impeachment do mandato da Presidenta Dilma Roussef.”

A nota também cita o PSDB ao dizer que a “desfaçatez e o cinismo de Eduardo Cunha, neste momento, só encontram paralelo no oportunismo revanchista da oposição liderada pelo PSDB – cujo espírito antidemocrático impede aceitar o resultado das urnas e a legitimidade do mandato da Presidenta Dilma.”

No caso do Acre, o PT orienta seus filiados através da nota a defenderem a presidente Dilma “nas ruas e nos espaços virtuais ou reais.”

“Orientamos as direções municipais a mobilizar a militância partidária, mantendo todos informados e preparados para as batalhas democráticas que o momento exige. Devemos permanecer em estado de alerta, dispostos ao enfrentamento para garantir o legítimo mandato da companheira Dilma e a continuidade das transformações sociais que mudam o Brasil.”

(ac24horas)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.