Amazonas Destaques Esportes

Radialista Arnaldo Santos recebe medalha Ruy Araújo na Assembleia do AM

Radialista Arnaldo Santos/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

Arnaldo dos Santos Andrade, manauara, nascido em 17 de julho de 1938, receberá amanhã, quarta-feira (17), às 11h00, a medalha Ruy Araújo,  a mais alta honraria concedida pela Assembleia Legislativa do Amazonas. A propositura é do deputado estadual Serafim Corrêa (PSB).
Filho de Francisco Caetano de Andrade e Ayda dos Santos Andrade, Arnaldo Santos começou a carreira de locutor esportivo, em 1959, aos 20 anos de idade, transmitindo jogos de vôlei, basquete e futsal, nos serviços de alto-falante, na quadra Francisco Guimarães, situada no Atlético Rio Negro Clube; o que levou a Luis Verçosa, então narrador de esporte da rádio Rio Mar, a indicá-lo ao Erasmo Linhares, diretor artístico da Rádio Rio Mar, para compor a equipe de esporte num período de aproximadamente três meses, vindo a ser convidado pelo chefe do departamento da Rádio Baré , Luis Saraiva, para realizar um teste que acabou culminado com a sua contratação, iniciando assim uma carreira de locutor esportivo. Sua primeira narração de um jogo oficial ocorreu em 1961, pelo Campeonato Amazonense,  entre Fast e São Raimundo

É um narrador eclético, que além da sua grande paixão, o futebol – já transmitiu Fórmula 1, Box, Voleibol, Basquetebol, Handebol, Futsal, Ginástica, provas de atletismo.  Apresentou por 14 anos o programa “AS nos Esportes”, na TV Ajuricaba, a época filiada ao sistema Globo, e tinha como destaque a trilogia: “seja bom filho, bom aluno e bom de bola, porque na bola é craque na escola” passando a ser lembrada por uma geração de apaixonados por esporte.

Na função de cronista esportivo, foi presidente da (ACLEA) Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos do Amazonas, convite feito pelo governador Danilo Duarte de Matos Areosa, em 1968, para fazer parte do grupo executivo de construção do Estádio Vivaldo Lima, composto por: cel. Temisthocles Trigueiro, Flaviano Limongi, João Augusto Souto Loureiro, Hugo Silva Reis, Carlos Lins, Irisaldo Godôt.

No dia 16 de março de 1995, governo Amazonino Mendes foi nomeado subsecretário de Desportos da secretaria de Estado, Cultura e Deportos–Seduc, respondendo pela presidência da Fundação Vila Olímpica de Manaus, cuja primeira missão foi a recuperação do Estádio Vivaldo Lima.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.