Amazonas Esportes

Real oficializa a demissão de Rafa Benítez e a promoção de Zidane

O Real Madrid oficializou, hoje, segunda-feira (04), o que já era esperado por muitos torcedores: a demissão de Rafa Benítez. O clube confirmou através de um anúncio do presidente Florentino Pérez, que o espanhol deixa de imediato o cargo de técnico, agora por conta de Zinedine Zidane, também presente no Santiago Bernabéu. Ídolo nos tempos de jogador, o francês era o treinador do Real Castilla (o time B) e levará como auxiliar outro ex-atleta merengue, o argentino Santiago Solari.
Zidane, 43 anos, trabalhou por um ano como auxiliar de Carlo Ancelotti – na ocasião conquistou a décima Liga dos Campeões – e desde junho de 2014 comanda o Real B. Como jogador, o francês brilhou com a camisa merengue entre 2001 e 2006 e nunca escondeu o desejo de virar treinador após a aposentadoria. O Castilla está em segundo após 19 rodadas no Grupo 2 da Segunda B, a Terceira Divisão espanhola – são 79 times divididos entre quatro chaves.

Benítez, apesar de ter a melhor média de pontos por jogo da carreira (2,29), nunca esteve perto de convencer os críticos (a afirmação também vale para a imprensa espanhola, que vem cogitando a mudança há algumas semanas). Apresentado no dia 3 de junho, ele disputou 25 partidas, com 17 vitórias, cinco empates e três derrotas (74,6% de aproveitamento) – contabilizando os 3 a 0 a favor diante do Cádiz, pela Copa do Rei, que viria a ser anulado por conta da escalação irregular de Cheryshev. O clube acabou eliminado do torneio precocemente.

No Espanhol, o Real Madrid se impôs diante dos pequenos, mas vacilou contra os maiores do país. Sofreu 4 a 0 do Barcelona no Santiago Bernabéu e também tropeçou diante do Sevilla, Atlético de Madrid, Villarreal e, por último, o Valencia. Tem o melhor ataque da liga, com 47 gols – por outro lado, tem apenas a sexta melhor defesa. Na Champions, enfrentará o Roma nas oitavas de final depois de avançar em primeiro no mesmo grupo de Paris Saint-Germain, Shakhtar e Malmö.

11º técnico de Florentino Pérez

O presidente do Real Madrid tem agora um time completo de treinadores somando os seus dois mandatos (2000-06 e desde 2009). Vicente del Bosque (1999-2003) foi o primeiro da era galáctica, mas a lista ainda passou por Carlos Queiróz (2003-04), José Antonio Camacho (2004), Mariano García Remón (2004), Vanderlei Luxemburgo (2004-05), Juan Ramón López Caro (2005-06), Manuel Pellegrini (2009-10), José Mourinho (2010-13), Carlo Ancelotti (2013-15) Rafa Benítez (2015-16) e agora Zinedine Zidane.(G1)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.