Cidades

Recém-nascido é encontrado dentro de caixa em mata do município de Manaquiri

Redação
Escrito por Redação

Uma criança recém-nascida, de sexo masculino, foi encontrada dentro de uma caixa de papelão, no fim da tarde de segunda-feira (15), por um agricultor. O fato ocorreu no quilômetro 2 da rodovia AM-354, em Manaquiri (a 60 quilômetros de Manaus). 

De acordo com as informações do investigador da Polícia Civil (PC), Gonzaga Júnior Rezende, a criança foi encontrada por um agricultor ao pegar madeira da mata. Ele avistou uma caixa de papelão, o qual havia uma mão para fora.

“Por um momento, o homem pensou que fosse uma boneca, mas ao se aproximar, ouviu os choros da criança. Espantado, ele veio até a delegacia e relatou o fato aos policiais”, disse o investigador Gonzaga.

O bebê foi levado para o Hospital Raimundo Rodrigues, no município de Manaquiri - fotos: divulgação/Polícia Civil

O bebê foi levado para o Hospital Raimundo Rodrigues, no município de Manaquiri – fotos: divulgação/Polícia Civil

Ao chegarem ao local, os policiais encontraram o bebê enrolado em um plástico e em um pano, cheio de formigas e ainda com o cordão umbilical.

“Em alusão a bíblia sagrada, batizamos o bebê com de Moisés Vitorino, devido ao livramento que a criança teve”, comentou o investigador.

O bebê foi levado para o Hospital Raimundo Rodrigues, no município de Manaquiri, onde recebeu os primeiros atendimentos médicos. Na manhã desta terça-feira (16), recebeu alta e foi encaminhado para o Conselho Tutelar da cidade.

O investigador informou que as investigações para identificar a mãe da criança já foram iniciadas. Prontuários de acompanhamento de gestação das mulheres grávidas de oito e nove meses foram solicitados junto a Unidade Básica de Saúde (UBS).

Uma mulher de 19 anos, que estava grávida de nove meses não foi mais vista no município. Caso a mãe biológica do bebê seja localizada, ela responderá pelo crime de abandono de incapaz e até tentativa de homicídio.

“Caberá ao juiz a decisão da mulher responder pelo crime em liberdade ou presa. Já o bebê poderá ficar com algum parente da família, caso contrário, a criança será levada para um abrigo de adoção em Manaus”, explicou o investigador da Polícia Civil.

Por Josemar Antunes

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.