Amazonas Economia

Reunião do Codam vai deliberar projetos envolvendo investimentos de R$ 343,5 milhões

Projeto pra fabricação de baterias para celulares, em pauta/Foto: Arquivo
Projeto pra fabricação de baterias para celulares, em pauta/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

Investimentos estimados em R$ 343,5 milhões distribuídos em 15 projetos industriais para a fabricação de produtos diversificados como bateria para celular, componentes de áudio e vídeo e estação para tratamento de água estão previstos na pauta de 257ª reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), que acontece hoje, quinta-feira (03), às 15h00, no auditório da Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação – Seplan-CTI.
A previsão é de que 454 vagas seja criadas no mercado de trabalho com a implementação dos novos empreendimentos. A pauta da reunião está disponível de www.seplancti.am.gov.br

Essa será quarta reunião do Conselho realizada este ano, totalizando investimentos de R$ 3 bilhões em 78 projetos e 978 vagas no mercado de trabalho no período de até três anos.

A pauta da 257ª reunião do Codam já reflete a retração da atividade econômica decorrente da crise econômica que atinge o País. Na reunião realizada no mesmo período do ano passado, o volume de investimentos foi de R$ 883 milhões acima dos R$ 343 milhões da pauta atual.

O número de empregos previsto na reunião de 2014 foi de 2.778 empregos enquanto que a pauta da reunião de quinta-feira próxima é de 454 vagas. Ainda assim, o Estado vem mantendo a regularidade do calendário bimensal de reuniões definido no início do ano.

Pauta – Na pauta aprovada pelos conselheiros em julho, os destaques foram os projetos da Digitron para a produção de notebook, disco magnético e unidade digital de processamento no valor de R$ 502 milhões. A empresa se compromete a criar 220 empregos.

A Cal Comp aprovou projeto para a produção de bens de informática e unidade de processamento de pequeno porte estimado em R$ 35 milhões com 187 vagas no mercado de trabalho.A Motocargo aprovou projeto para a fabricação de triciclos e ciclomotores com recursos de R$ 24 milhões.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.