Amazonas Formal & Informal

Ricardo Trindade é acusado da prática de assédio moral por defensores públicos

Ricardo Trindade/Foto: Arquivo
Ricardo Trindade/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

Não bastasse as sérias acusações feitas contra o Defensor Geral DPE, Ricardo Trindade, contidas em matéria publicada neste Portal, de que ele estaria cometendo atos caracterizados como improbidade administrativa, fruto de representações encaminhadas à Corregedoria Estadual pelo defensor Carlos Alberto, o caso recebe uma outra conotação, ao ser acrescido de mais uma agravante que torna a probabilidade da exoneração de Trindade, cada vez mais definitiva.
Conforme o Memorando 121/2015-USUDPAM-DPE/Am, datado de 28-07-2015(ontem), recebido hoje (29), pela Corregedoria Geral, transcrita abaixo, o defensor Carlos Alberto emite novas acusações imputadas a Ricardo Trindade, por Assédio Moral e Desvio de Finalidade.

Leia o memorando assinado e encaminhado pelo Defensor Público Carlos Alberto Souza de Almeida Filho:

Memorando do Defensor Carlos Alberto

Memorando do Defensor Carlos Alberto

memo-dpe-2

memo-dpe-3

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.