Amazônia Rondônia

RO: Menino tem pênis arrancado por cachorro após ser atacado

pc--de-rondonia
Redação
Escrito por Redação

Um menino de 10 anos teve o pênis arrancado após ser mordido por um cachorro da raça Doberman, em Itapuã do Oeste (RO). Segundo a Polícia Civil, a criança estava conversando com um amigo na frente de casa, que não tem cerca, quando o animal escapou da casa vizinha e mordeu a região pubiana do garoto. O caso aconteceu durante o final de semana. Após ser mordido, o menino foi socorrido até o Hospital João Paulo II, na capital. O dono do cachorro chegou a ser preso por lesão corporal, mas foi liberado.

Conforme a polícia, o menino de 10 anos estava conversando com um colega na frente da porta da casa, quando o cachorro pulou a cerca de madeira de uma casa vizinha. Como a residência da vítima não tem muro, o animal avançou sobre os garotos.

O colega da vítima conseguiu correr, mas o garoto de 10 anos acabou sendo mordido pelo cachorro na região pubiana. Na ocasião, o pênis da vítima foi dilacerado pelos dentes do animal. O menino chegou a ser socorrido até o Hospital Municipal de Itapuã, mas devido à gravidade dos ferimentos, a criança foi transferida para o Hospital João Paulo II, em Porto Velho.

Como não estava em casa na hora do ocorrido, o dono do cachorro da raça Doberman procurou a Polícia Militar (PM) para prestar esclarecimentos logo depois, onde acabou sendo preso e conduzido para a Central de Flagrantes de Porto Velho. Em depoimento à Polícia Civil, o homem disse que o cachorro nunca mordeu ninguém e que este só teria atacado o menino por ter sido “atiçado” pela própria vítima.

À polícia, o homem disse que diante da provocação do menino o cachorro pulou a cerca e o atacou. Após prestar depoimento, o delegado entendeu que o dono do cachorro não teve culpa pelo dolo causado à criança e o liberou provisoriamente. O caso deve ser investigado pela delegacia responsável.

Depois de ser socorrida até o Hospital João Paulo II, a criança passou por uma cirurgia de emergência. Procurada nesta segunda-feira (30), a unidade hospitalar informou que a criança foi transferida em quadro estável para o Hospital Cosme e Damiã.

(Jornal Floripa)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.