Amazônia Rondônia

RO: PM salva policial civil, agredido após atirar em pedreiros

Redação
Escrito por Redação

O policial civil Leandro Teles dos Santos, 34 anos foi salvo por policiais militares na noite desta sexta-feira na rua João Pedro da Rocha com Alexandre Guimarães, Bairro Nova Porto Velho. Momentos antes ele teria ameaçado, agredido e atirado em dois pedreiros que realizavam uma obra na Rua Buenos Aires com Raimundo Cantuaria.
De acordo com a ocorrência registrada na Central de Polícia as vítimas são os pedreiros Helionai Pinheiro de Freitas e Robson Silva Santos. Eles construíam uma calçada na casa de Milton Fernandes Barbosa, quando o policial Leandro, aparentemente bêbado, começou a caminhar por cima da obra. O pedreiro Robson então pediu para que Leandro saísse do local, uma vez que o cimento estava fresco. Armado, o policial não gostou e teria partido para agressões. “Quer morrer safado”, disse, desferindo em seguida coronhadas em Robson. Os pedreiros correram para dentro da casa e o policial acabou atirando, atingindo a parede e uma janela. Em seguida teria indo embora.

O policial foi alcançado e agredido momentos depois por populares. O pedreiro Helionai acionou a PM, que se dirigiu ao local e acabou salvando o policial civil que ainda estava sendo agredido. Com ele foi encontrada uma pistola .40.

Uma agente penitenciário também foi detido no local por estar armado.

(Rondoniagora)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.