Amazonas Esportes

Robinho deixa o Santos para ganhar R$ 41 milhões à vista na China

Robinho anuncia sua saída do Santos/Foto: Divulgação
Robinho anuncia sua saída do Santos/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Robinho tinha até hoje, terça-feira para acertar sua permanência no Santos, mas, em reunião com a diretoria da equipe, o jogador decidiu deixar o clube. Agora, ele deve acertar com o futebol chinês. O camisa 7 recebeu uma “proposta tentadora” do Guangzhou Evergrande, da China, time treinado por Luiz Felipe Scolari e que também já contratou o ex-corintiano Paulinho.
O motivo da escolha do jogador foi exclusivamente financeiro. Robinho receberá um ano de salário adiantado na China. O camisa 7 ganhará na assinatura do contrato com os chineses as cifras de 12 milhões de euros [cerca de R$ 41 milhões] à vista. O vínculo do jogador com o time de Felipão será por três temporadas. O atleta continuará recebendo no restante do contrato 1 milhão de euros por mês para defender a equipe chinesa.

Se ficasse no Santos, Robinho receberia entre R$ 900 mil e R$ 1 milhão de salário mensal. Na china, o camisa 7 ganhará mais que o triplo – R$ 3,4 milhões mensalmente. Vale ressaltar também que o atleta corria o risco de receber o ordenado atrasado na Vila Belmiro.

Robinho ficou oito meses sem receber em seu último contrato com o Santos. Após a dívida ser quitada há dois meses, o clube paulista voltou a atrasar os direitos de imagem e CLT [Consolidações das Leis de Trabalho] novamente no mês seguinte. Tudo isso foi levado em conta por Robinho.

Além disso, a proposta do Santos previa uma espécie de contrato de produtividade no último de ano de vínculo, fato que deixou o jogador chateado. Desta forma, o camisa 7 teria que produzir bastante em campo para manter o salário oferecido pelo alvinegro praiano nos dois primeiros anos de contrato.

Robinho não gostou da proposta, pois queria receber ordenado fixo até o fim do contrato e, por isso, não assinou a renovação contratual antes de sua participação na Copa América, no Chile, onde defendeu a seleção brasileira.

O presidente santista e Robinho falaram em um vídeo de despedida divulgado pelo próprio Santos em seu canal no Youtube. “Estamos aqui para comunicar que estivemos conversando com o Robinho hoje sobre a renovação de contrato, mas, infelizmente, as condições que o Santos pode pagar ao Robinho são menores que as dos clubes do exterior. Ele vai continuar a sua carreira atendendo os clubes de fora do Brasil. Desejamos ao Robinho, ídolo eterno do nosso clube, sucesso em sua carreira, torcendo para que seja feliz”, disse Modesto Roma Jr.

“Queria agradecer vocês pelo carinho, pelo respeito, agradecer a toda a comissão técnica e jogadores, que são amigos que fiz para a vida toda. Infelizmente, não será possível a renovação do meu contrato, mas o Santos vai estar sempre no meu coração. Agradeço a diretoria pelo esforço que fez para que eu pudesse ficar para a alegria de todos, mas, infelizmente, não foi possível. O Santos continuará grande como sempre foi, o Santos está acima de qualquer jogador, é maior, saio chateado porque é a minha família, mas é vida que segue, o Santos vai continuar grande e vou procurar sendo feliz fazendo o que eu mais gosto que é jogando futebol. Obrigado, agradeço a todos, continuo torcendo pelo Santos e espero que um dia eu possa voltar, despediu-se Robinho.

Robinho tinha contrato com o Santos até esta terça-feira (30). O atacante só acertou sua situação com o Santos agora, após a eliminação do Brasil na Copa América. A princípio, a diretoria santista ficou magoada com atitude do ídolo, que se recusou a assinar a renovação contratual antes da disputa com a seleção brasileira. Antes de ir ao Chile, o jogador não havia recebido nenhuma proposta do exterior.(UOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.