Entretenimento

Rodrigo Santoro volta a fazer novela na Globo após 12 anos

rodrigo-santoro
Redação
Escrito por Redação

Mais bem-sucedido ator brasileiro em Hollywood, Rodrigo assinou contrato hoje (27) com a Globo. Ele será protagonista da primeira fase de Velho Chico, produção que substituirá A Regra do Jogo em abril. Será a volta de Santoro às novelas da Globo depois de 12 anos, seu último trabalho de longa duração na emissora foi Mulheres Apaixonadas, de 2003.

Santoro será o protagonista da primeira fase de Velho Chico, saga sobre duas famílias que se odeiam e vivem às margens do rio São Francisco. Ele atuará em 18 capítulos, ambientados em 1968. Na segunda fase, no final dos anos 1980, o personagem será defendido por Antonio Fagundes. A novela será escrita por Edmara e Bruno Barbosa, supervisionados por Benedito Ruy Barbosa.

“Fiquei muito feliz com o convite do Luiz Fernando [Carvalho, diretor-geral de Velho Chico], que é um grande parceiro, e com a oportunidade de trabalhar com o Benedito [Ruy Barbosa]. Acho que vai ser um reencontro com o público e com a Globo, que foi onde eu comecei. Faz tempo que sinto saudades de trabalhar em casa”, disse Santoro em nota oficial da Globo.

Além de Santoro e Antonio Fagundes, já estão confirmados em Velho Chico os atores Tarcísio Meira, Selma Egrei, Marcos Palmeiras, Letícia Sabatella, Domingos Montagner, Marcelo Serrado, Irandhir Santos, Dira Paes, Rodrigo Lombardi, Fabiula Nascimento e Umberto Magnani.

Antes de Santoro, a Globo tentou atrair Ana Paula Arósio para a produção. A atriz, no entanto, pediu tempo para pensar, e emissora desistiu dela. Setores da Globo ficaram com medo de Arósio não honrar o compromisso com a emissora, como fez no final de 2010, quando rompeu contrato e desistiu de fazer a protagonista de Insensato Coração.

Velho Chico marcará o retorno da Globo a um modelo de trama mais tradicional na faixa das 21h. Com Rodrigo Santoro, a emissora espera atrair a atenção da audiência que deixou de assistir a suas novelas das nove neste ano _depois de Império, encerrada em março, a média das produções das 21h caiu de pouco mais de 30 pontos para 25.

(UOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.