Amazônia Roraima

Rondoniense é preso tentando aplicar golpe da ‘caneta mágica’ em Roraima

caneta-magica
Redação
Escrito por Redação

Agentes do setor de Operações do 5º Distrito de Polícia, zona Sul, prenderam, em flagrante, no final da tarde de ontem, 21, o vendedor Ricardo Basílio dos Santos, de 29 anos, suspeito de estelionato. Ele tentou enganar o autônomo Jackson Oliveira de Souza, de 36 anos, aplicando-lhe um golpe ainda pouco conhecido em Boa Vista.

Há três dias que Ricardo tentava comprar o carro de Jackson, um Celta 2011, por R$ 18.500. Mesmo experiente na “arte da enganação”, segundo a polícia, o suspeito não conseguiu cometer o crime. O golpe é simples, mas as vítimas levariam mais de ano brigando na Justiça pelo carro.

O suspeito depositou um envelope vazio no caixa de um banco público na conta do dono do carro. Com a comprovação do depósito, então bloqueado por ainda não ter sido confirmado, ele ligou para o dono do carro e marcou um local para o encontro. De lá eles seguiriam a um cartório e fariam uma procuração para depois transferir o documento do carro.

Ricardo usava uma “caneta mágica” na assinatura no ato da negociação e, após a transação feita no cartório, ele apagava a sua assinatura e revendia o carro, muito abaixo do valor de mercado, colocando o nome da outra vítima na procuração já autenticada. Mas Jackson percebeu a fraude porque seu primo, em Manaus (AM), havia caído no golpe aplicado pelo mesmo homem.

“Ele me ligou e disse que já havia depositado o dinheiro, mas, como já passava das 14h, não pude ir ao banco sacar.

Foi quando eu percebi a enganação. Entrei em contato com meu primo, que deu as mesmas características do estelionatário. Então, fui até a polícia e contei tudo. O delegado na hora designou seus agentes, que foram ao local marcado pelo picareta e prenderam-no em flagrante”, relembrou Jackson.

No 5º Distrito de Polícia, para surpresa dos agentes, Ricardo já havia aplicado o mesmo golpe em Rondônia, sua terra natal, em Manaus (AM), em Fortaleza (CE) e agora havia tentado em Boa Vista. “Mas ele se deu mal por aqui.

Confessou que enganaria a vítima, venderia o carro para outra vítima e sumiria daqui. Mas agora vai para tranca”, frisou um agente de polícia.

O delegado Domingos Sávio adiantou que o suspeito responderá por estelionato e por corrupção ativa, pois Ricardo, quando preso, ainda tentou subornar os policiais, que na mesma hora lhe deram voz de prisão. Na tranca do 5º DP, ao anoitecer de ontem, Ricardo conversou com a Folha. Ele admitiu o golpe, mas disse que estava sozinho e que ainda esta semana sairia de Boa Vista, assim que vendesse o carro para outra vítima. No golpe, em Manaus, Ricardo revelou que teria lucrado R$ 20 mil. “Mas agora a casa caiu”, admitiu.

O delegado adiantou que Ricardo passaria pelos procedimentos de rotina na delegacia, seria encaminhado para fazer exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e depois seria entregue na Cadeia Pública de Boa Vista. Ele deve ir para audiência de custódia.

(Folha Boa Vista)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.