Amazonas Esportes

Rosberg é ultrapassado na última volta e Hamilton vence GP da Áustria

Vitória de Hamilton na última volta do GP da Áustria/Foto: MotoSport
Redação
Escrito por Redação

Lewis Hamilton venceu uma grande corrida na Áustria neste domingo. O piloto britânico teve que esperar até a última volta para reassumir a primeira posição após ver Nico Rosberg o passando na estratégia de box.
Completando 29 anos no dia do GP da Áustria, Sebastian Vettel não teve sorte na corrida. Ele tentava alongar seu primeiro stint, e na 27 volta, enquanto liderava a prova por não ter parado, o alemão viu seu pneu traseiro direito estourar no meio da reta dos boxes. Seu carro ficou no meio da pista, o que obrigou a entrada do Safety Car.

Largando dos boxes após ter um dano reportado em sua asa dianteira na classificação, Felipe Massa teve sua prova comprometida. Na F1, não se pode mexer no carro após o treino de sábado. Por trocar a asa, o brasileiro perdeu o décimo lugar no grid. Na corrida, Massa teve um bom ritmo, mas teve de abandonar a prova a seis voltas do fim.

Felipe Nasr fez sua melhor corrida do ano, andando grande parte do GP dentro da zona de pontuação graças a uma arrojada estratégia de uma parada nos boxes. Nasr foi o 13º.
A corrida

Na largada, Hamilton saiu sem grandes problemas. Hulkenberg acabou caindo para quarto, enquanto que Button e Raikkonen completaram o top-3. Os dez primeiros na primeira volta eram Hamilton, Button, Raikkonen, Hulkenberg, Rosberg, Ricciardo, Verstappen, Vettel, Bottas e Sainz.

As paradas se iniciaram rápido, na sétima volta. Após perder posições na pista, Hulk foi o primeiro. Ele foi seguido por Button e Rosberg. Enquanto isso, Hamilton continuava liderando a prova. O piloto inglês fez um grande trabalho conservando seus pneus ultramacios até a volta 22. As Ferraris assumiram as primeiras duas posições e Lewis voltou atrás de Rosberg.

Na volta 24, os primeiros eram Raikkonen, Vettel, Rosberg, Hamilton e Verstappen. Kimi foi para os boxes, e Vettel continuava ampliando seu stint. Porém, na volta 27 o pneu traseiro direito do alemão explodiu no meio da reta e trouxe o Safety Car.

Após o abandono de Vettel, Rosberg liderava à frente de Hamilton, Verstappen, Ricciardo, Raikkonen, Bottas e Nasr – que não havia parado.

Rosberg abriu dois segundos de Hamilton, enquanto Nasr segurava os carros na sétima posição. O brasiliense acabou sendo ultrapassado por Button, Grosjean, Massa e Perez antes de ir aos boxes na volta 44.

Hamilton foi aos boxes e Rosberg na volta seguinte. O piloto alemão colocou os pneus supermacios enquanto Hamilton colocou os macios. No fim. Hamilton tinha mais pneu e atacou o piloto alemão.

No fim, Nico tentou tocar Hamilton para fora. No entanto, após o contato Rosberg perdeu o bico e Hamilton o passou.

A próxima etapa acontece na semana que vem, na Inglaterra.(Terra/MotoSport)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.