Amazonas Destaques Esportes

Rosberg vence GP do Brasil e assegura vice-campeonato da F-1

Nico Rosberg vence em Interlagos/Foto: Getty Images
Redação
Escrito por Redação

De ponta a ponta,  Nico Rosberg conseguiu, no Grande Prêmio do Brasil, a sua quinta vitória na temporada de 2015 da Fórmula Um, e assegurou o vice-campeonato da temporada.
Constante durante toda a prova, o alemão não sofreu grandes ameaças do companheiro de Mercedes Lewis Hamilton ao longo das 71 voltas e obteve a sua segunda vitória consecutiva em Interlagos, deixando o britânico na segunda colocação. Desde Juan Pablo Montoya nos anos 2004 e 2005 um piloto não conseguia dois triunfos seguidos no Brasil.

Sebastian Vettel finalizou a prova no terceiro lugar e não tem como alcançar Rosberg no Grande Prêmio de Abu Dhabi, o último da temporada, marcado para o dia 29 de deste mês. O piloto da Mercedes vai aos Emirados Árabes Unidos com 297 contra 266 do ferrarista.

Os brasileiros tiveram uma corrida discreta e não conseguiram empolgar o público em Interlagos. Felipe Massa foi o oitavo e Felipe Nasr apenas o 14º.

Massa ainda pose ser punido por irregularidades nos pneus em medição feita ainda antes da largada.
Como foi a corrida

Rosberg pulou na ponta, não dando chances para Hamilton na primeira curva. Vettel segurou o terceiro posto e Bottas ganhou duas posições, pulando para quinto.Massa se manteve em oitavo e Nasr subiu de 13º para 12º.

Lentamente, Rosberg foi conseguindo abrir mais de 1s para Hamilton, evitando que o companheiro utilizasse a asa traseira móvel para tentar ultrapassá-lo. Vettel, Raikkonen, Bottas, Kvyat, Hulkenberg, Massa, Perez e Verstappen fechavam o top 10.

Na volta 9, Hulkenberg entrou para os boxes e trouxe Kvyat, Massa e Verstappen com ele. Porém, o alemão fez valer a vantagem de parar uma volta antes e superou o russo. Após a primeira rodada de pit stops, o restante das posições do top 10 se manteve, mas Felipe Nasr, um dos últimos a parar, perdeu terreno e voltou em 15º.
Hamilton voltou melhor após as paradas e passou a pressionar Rosberg. Porém, não demorou para o inglês reconhecer a dificuldade em tentar uma manobra. “É impossível ultrapassar nessa pista”, reclamou.

Em uma prova monótona, coube a Verstappen arriscar e ultrapassar Perez por fora no S do Senna, pouco antes de Vettel inaugurar a segunda rodada de paradas, na volta 32. Rosberg parou na volta seguinte, e logo depois foi a vez de Hamilton.

Na 48ª e 49ª volta, os pilotos da Mercedes entraram novamente nos boxes, para a terceira e última parada. Hamilton tentou dar a estilingada final para alcançar o companheiro, mas não teve sucesso.

As disputas mais emocionantes ficaram no pelotão intermediário, com Felipe Nasr brigando pelos pontos, mas sem sucesso. Nas 20 voltas finais sua Sauber começou a perder rendimento.

Confira a classificação final
1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 71 voltas
2. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – a 7s7
3. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) –  a 14s2
4. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – a 47s5
5. Valtteri Bottas (FIN/Williams) – a 1 volta
6. Nico Hulkenberg (ALE/Force India) – a 1 volta
7. Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) – a 1 volta
8. Felipe Massa (BRA/Williams) – a 1volta
9. Romain Grosjean (FRA/Lotus) – a 1 volta
10.  Max Verstappen (HOL/Toro Rosso)  – a 1 volta
11. Pastor Maldonado (VEN/Lotus) – a 1 volta
12. Sergio Perez (MEX/Force India) – a 1 volta
13. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) – a 1 volta
14. Felipe Nasr (BRA/Sauber) – a 1 volta
15.Jenson Button (ING/McLaren) – a 1 volta
16.Fernando Alonso (ESP/McLaren) – a 1 volta
17.Marcus Ericsson (SUE/Sauber) – a 2 voltas
18.Will Stevens (ING/Manor) – a 4 voltas
19. Alexander Rossi (EUA/Manor) – a 4 voltas
NÃO COMPLETOU
Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.