Amazônia Roraima

RR: mãe sofre extorsão na Guiana ao tentar resgatar corpo do filho

mae-sofre-extorsao-na-Guiana
Redação
Escrito por Redação

O garimpeiro Danúbio Lima Lira, de 28 anos, foi assassinado no dia 19 passado, após sofrer um assalto na Guiana, país que faz fronteira com o Brasil a Oeste de Roraima. Mas a família só conseguiu ontem repatriar as cinzas do garimpeiro ao Estado. Os parentes pediram apoio da Comissão de Direitos Humanos e das Minorias, da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).Lira trabalhava no garimpo Black Water, que fica a mais de 400 quilômetros de Georgetown, Capital guianense.

 

Após sua morte, os familiares viajaram ao país vizinho para resgatar o corpo, mas encontraram dificuldades burocráticas. Por isso, a Comissão de Direitos Humanos da ALE interviu no caso.

Luciene Lima, mãe da vítima, reclamou das dificuldades para trazer as cinzas do filho para Boa Vista. Ela disse que foram cobrados valores absurdos e que ainda roubaram o corpo do seu filho no hospital em Georgetown.

Luciene relatou também que uma mulher apareceu no hospital e teria cobrado R$ 36 mil para fazer o trabalho funerário e o translado a Boa Vista. Mas a família não tinha e o corpo desapareceu. Um médico, ainda segundo Luciene, ao ver o desespero da família, fez algumas ligações e descobriu para onde tinham levado o corpo. Então, Luciene teve que pagar 75 mil dólares guianenses, o equivalente a R$ 6 mil, para que o corpo fosse cremado e entregue aos familiares. Danúbio agora descansa em paz.

Fonte: Folhabv

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.